30 de dezembro de 2012

Alguém ainda por aí?

Não meus caros leitores, eu não os abandonei... Foram só umas férias prolongadas! Falando em férias, queria compartilhar com vocês minhas experiências com as companhias aéreas que me levam e trazem em segurança ao Brasil :-) Começarei com a mais recente, ( a mais fresca na memória) nossa querida e amada empresa Portuga, a TAP... Experiência APAVORANTE, nunca mais!!! Começou com o vôo saindo atrasado DUAS horas... Eu que trabalho no aeroporto sei, vôo atrasado = noruegueses enchendo o caneco. Nunca tinha tido uma experiência como essa... Todo vôo que eu pego é simplesmente silencioso, tranquilo e relaxante... Este não... Uns jovens fazendo uma algazarra bem atras de mim, totalmente chapados, uma faladeira sem fim dentro do avião parecia excursão infantil, sem exageros, e a fila do banheiro..A fila do unico banheiro... Cara, durante toda a viagem a fila do banheiro ficava na metade do avião, e quem estava no fundo, no corredor ( meu caso) se fú, com os que tentavam entrar, sair, e mais as aeromoças que precisavam circular, maldita cachaça diurética... Esse foi o pior vôo da minha vida, agora escrevo rindo, mas fiquei irada no dia! Chegando no aeroporto obviamente perdi o transfer para o hotel, e a senhora do atendimento se recusou a me dar o endereço do hotel pq todos os taxistas sabiam onde ficava o tal do hotel Lutecia... Por sorte um anjo moreno, me ajudou a achar o hotel no mapa, me encaminhou a estação de metro recem inaugurada e me deu dicas de como chegar no local, esse rapaz foi um anjo minha gente, e eu nem sei o nome dele :-( pois bem, no dia seguinte acordei cedo, o ônibus que faria o meu transfer até o aeroporto chegou as 7 da manhã, e ficou catando gente até as 07:40, detalhe, meu embarque era as 08:20!!!! Nervosa eu??? imagina... Eles falam que é pra chegar no aeroporto 3 horas antes para vôos intercontinentais, mas organizam um transfer que me deixa meia hora antes... E o meu portão de embarque era o último!!! Muita sorte eu não ter perdido o vôo... TAP nunca mais!!! Tive uns probleminhas com a Airfrance tb, com atrasos, problemas técnicos, mas nenhuma experiência traumatizante... A British airways até então foi a melhor empresa de todas, onde não tive nenhum atraso ou decepção. Agora quero tentar a Luftansa... Veremos como será a experiência :-)

17 de julho de 2012

So pra contrariar...



Na Biblia choveu por 40 dias e 40 noites.
Eles chamaram isso de desastre.

Na Noruega chamamos isso de verão!

Eu não gosto de postar imagens que não são da minha autoria, mas essa, ha ha ha, essa eu tive que postar...

Como vcs sabem eu sou do Rio, e os cariocas não soh não gostam, como tambem não estão acostumados com dias chuvosos... Chove durante três dias no Rio e o povo ja escreve que esta triste, como o clima esta ruim, e etc...

Na Noruega, bom, na Noruega raramente tem aquelas pancadas de chuva que derrubam barracos construidos nas encostas, que alagam as ruas atrapalhando o trânsito, mas que no fim vem aquele solzão como se nada tivesse acontecido...A chuva aqui eh bem fininha geralmente durante todo o dia, quase que constante, e pode durar uma semana, duas ou ate mais, dependendo da cidade/local. O ceu fica cinzento feio, e esse verão que verão? particularmente esta sendo uma catastrofe... Acho que junho teve assim uns 4 dias com sol, sem chuva. A primeira quinzena de julho foi horrivel, chuva, chuva e mais chuva... Mas justamente quando eu decido escrever sobre o assunto (a previsão era de mais chuva para as proximas duas semanas) o verão resolveu dar as caras, inclusive o dia foi super ultra ensolarado. Mas as temperaturas em geral estão baixas, oscilando entre 15 e 17 graus... O pior verão que ja experimentei por essas bandas...
Eu espero que a previsão do tempo continue pisando na bola, principalmente agora que eu consegui micro ferias :-) 

5 de julho de 2012

Posso obter uma permissão especial para viajar enquanto espero pelo visto na Noruega?

Posso obter uma permissão especial para viajar enquanto espero pelo visto na Noruega?

Essa era uma duvida que eu tinha, pq uma pessoa me disse que era possivel, ja outras afirmavam que não... Hoje tive a confirmacão, enquanto espera pelo visto vc não pode sair da Noruega. Se os seus três meses como turista se encerraram,  e o motivo da viagem não eh de doenca de algum familiar no Brasil, a permissão de viagem não sera concedida. Essa era uma duvida que eu levava comigo ha muito tempo, mas hoje uma amiga que conseguiu  o visto permanente foi a policia tentar negociar uma permissão especial, pq embora o processo do visto dela esteja finalizado, parece que o metodo agora mudou, a pessoa não recebe mais o visto permanente no passaporte, parece que agora eh um cartão, e esse cartão leva de 5 a 10 dias p/ ficar pronto... Então, agora so me resta mais uma duvida... Dizem que a lei mudou e não precisamos mais perder o passaporte brasileiro para pegar o norueguês, alguem pode me confirmar a autenticidade dessa informacão?






 

Ps:. Eu deletei o meu ultimo post por uma razão simples... A energia com que eu escrevi o texto não estava boa... Eu so escrevo quando estou no "modo informativo" ou no "modo sacana", de outra forma não escrevo, ontem foi um lapso...

E esse pequeno texto pulou a frente do outro que eu tinha em mente , mas como dizia minha mãe primeiro o dever, depois o lazer...

26 de junho de 2012

Querendo ou nao a gente se casa com a familia...

"Prezada Carol "Oráculo", sou leitora e fã do seu blog que sempre e referencia p mim.
Estive pensando muito sobre o medo de imigrantes ( as vezes velado) pelos noruegueses e o vicio pelo dinheiro, o pavor que eles tem de serem roubados pela gentalha do hemisferio sul (porem os negocios de petroleo c Brasil interessam e bem a eles).
Apos dois anos de namoro c meu norge (qconheci atraves de amigos em Berlin) e viagens pelo mundo que fizemos juntos, casa que montamos juntos aqui no Brasil {eu pago aluguel sozinha}, ele me pediu em casamento duas vezes..aceitei na segunda mas decidimos nos estabilizar primeiro. Eu sou financeiramente independente e qdo conheci a familia dele em Asker, Sandvika e Oslo este ano foi por minha conta nas minhas ferias do trab.
Nao quero viver o sonho de fisgar um rico nunca sonhei em viver no frio sinistro daí..nem dar golpe da barriga mesmo que minha sogra peça um neto enlouquecidamente. Falo ingles fluentissimo, frances e espanhol. Conversei de igual para igual com a familia. E ja estudo bokmal c professora particular. Estavamos planejando que eu terminasse minha faculdade..para fazer o mestrado la ou melhor na Suecia. Apenas com dois meses sem nos vermos, porem com muito trabalho surgindo pra ele, grana entrando e oportunidades de ainfa mais estabilidade, ele liga dizendo que conheceu uma norueguesa e decidiu optar por ela por ser mais facil e porque ela tem familia e amigos noruegueses, fala o idioma...enfim..provavelmente branca e loira.
Eu fikei sem chao mas acho que a maior influencia foi de amigos e princ. familia com medo da brasileeeeeira(BUuuu) com esta xenofobia maldita que eles nao assumem! Mesmo apos Breivik expor esse xenofobismo!!!
Sei que ele esta infeliz influenciado de alguma forma pois me ligou chorando...pedindo um tempo..nao quer terminar.ta em duvida etc.

detalhe: a mae, mesmo sendo ex-viciada em heroina e bebendo q nem um gambazinho,trabalha na NAV. acho q quando se tocou q a nora poderia ser uma possivel miseravel tomando o dinheiro do filhote, se apavorou e botou um bloqueio. Desculpe a longa postagem mas vc sofre ou sofreu com essa discriminacao pela familia do marido? como lidar com isso? to deprimida e revoltada ao mesmo tempo mas nao queria desistir do meu amor abaixando a cabeca só pq venho d um pais em "desenvolvimento".
__________________________________________________________________________________

Olha como são as coisas... Eu aqui pensando em escrever uma homenagem a familia do meu marido e eis que me surge um texto desse...

Minha experiência... Se existe uma coisa que eu aaaamo nessa tal Noruega eh a familia do meu marido. Minha sogra foi e continua sendo uma mãe p/ mim, não eh perfeita, mas eu tb não sou, a gente as vezes se estranha como mãe e filha, principalmente quando alguemmmm ta de pilequinho, mas todo mundo vira alvo nesse momento, então eu não levo isso p/ pessoal... Mas quanto a minha nacionalidade, acho que isso nunca foi motivo de exclusão... Minha sogra eh como meu marido, fez e faz tudo por mim, quer dizer, a não ser que isso va contra o desejo do filho, mas tambem se ela ficasse do meu lado, eu,  sinceramente iria estranhar... ha ha ha

Acho que eles me aceitaram com mais facilidade tambem , por respeito a capacidade do meu marido de tomar decisões, principalmente no âmbito econômico... Meu marido eh uma pessoa extremamente sensata principalmente nesse aspecto. Inclusive da ultima vez que estive na casa de praia da sogrona ela falou com todo orgulho, que quando o John teve a confirmacão, ganhou uma bolada dos avos maternos, e o tio dele perguntou se ele não iria comprar uma nova motocicleta (ele tinha uma vespa, e todos os amigos tinham um modelo mais moderno), ele respondeu ao tio: "Minha Vespa me leva do ponto A ao ponto B e isso eh o que importa!" Pense em dar uma resposta dessas aos 16 anos, epoca em que os jovens TEM essa necessidade de autoafirmacão...  Meu marido tem muito controle na parte econômica, embora a mim não consiga negar nada, (mas eu não me orgulho disso). E eu nesses 4 anos de casamento aprendi MUITO com ele... Antes eu era uma compradora compulsiva, hoje penso mil vezes antes de comprar algo, nunca mais comprei roupas por impulso (pelo menos não na Noruega) e ele diz que ta muito orgulhoso - Pela primeira vez na vida eu tenho uma poupanca, uhuuu!

Sobre o apego ao dinheiro... eu ja estive do lado de la', mas hoje... hoje estou do lado de ca'... Cara, no final das contas "dinheiro eh o que nos resta"... Vou tentar me explicar... Tudo o que eh divertido de se fazer por essas bandas, custa dinheiro... Ser duro na Noruega, tem um significado totalmente diferente do que ser duro no Brasil... Estando dura no Brasil vc pode pegar carona e ir a praia (com o frango e a farofa na bolsa), ir no casamento da prima Clotilde, no xurras na casa do vizinho, no aniversario daquela priminha chatinha e irritante, que vc não suporta, mas vai por causa da macã do amor e do algodão doce que vc ama, no batizado da sua sobrinha, bater uma pelada no fim de semana, e seus amigos de verdade não te deixam na mão, irão te dar uma carona e fazer vaquinha p/ vc poder sair p/ balada... Agora experimenta ficar dura na Noruega... cara, tua vida vai ser facebook, tv e CASA, com um clima que te deprime... As opcões de lazer são caras... Mês passado marido e eu fomos ao cinema... Como não chegamos a um acordo de que filme iriamos ver, acabamos vendo dois filmes no mesmo dia... Um pacote de pipoca + 2 refrigerantes + 4 bilhetes de cinema e saimos de la 300 reais mais pobres... Restaurantes são carissimos, um luxo. E o que da mais alegria ao povo, viajar nas ferias p/ curtir um verão de verdade em um pais mais quente, custa os olhos da cara, pq eh alta temporada... Então... de certa forma acho que o "apego" ao dinheiro que eles tem, tem uma justificativa, talvez nem tão nobre, mas não deixa de ser uma justificativa...

O que não se justifica eh ele ser tão facilmente influenciado por amigos e familia... Pq pode parecer clichê, mas o sentimento verdadeiro não encontra barreiras... Agora eu vou te dar um conselho que dou as minhas amigas... Não trate com prioridade quem te trata como opcão... Quais são as chances de uma relacionamento que ja comeca perneta dar certo??? Pode acontecer, mas eh dificil... Eu acho que eu ja escrevi aqui, que eu terminei com um sueco com o qual eu tinha um rolo ha um certo tempo p/ ficar com o meu atual marido... Cara, eu gostava muito dele, mas não estava legal, não estava como eu queria, então pulei fora... E o mais importante: NÃO ME ARREPENDO! Não deixe o comodismo te prender a uma relacão que não esta legal, que te faz mais mal do que bem... P/ cada moleque que nos faz sofrer existem no minimo uns 3 homens com a capacidade de nos fazer feliz, mas infelizmente a gente não vê, pq temos a  mania de gostar do que não presta...rrsrsrs. Tem muitos caras bacanas tanto no Brasil quanto na Noruega... abra seus horizontes! Te desejo boa sorte Flor, sei que independente da decisão que vc tomar, não sera facil!

Ps:. Acho que vc em nenhum momento pediu minha opinião sobre o seu relacionamento, na verdade nem sei pq me estendi tanto, pois ele não serviu nem p/ ajudar na coerência ao texto, kkkk... Mas vou deixar, talvez ajude mais alguem! Obrigada pela mensagem!!!

Bjks, Carol


20 de junho de 2012

Separacão na Noruega

"Oi carol, gosto muito das postagens do seu blog e resolvi te pedir uma postagem sobre direitos de mulheres separadas ou pretendendo separar e sem filhos na Noruega.
Se nåo for pedir demais, pode usar minha postagem como referência a a sua postagem pois vi que vc nåo tem nenhuma informacåo do tipo aqui no blog.
Eu postei em anônimo em outra comunidade mas pensei que talvés aqui eu pudesse obter mais detalhes sobre o meu caso já que o blog é acessado por muitos.
segue meu relato
o nav ajuda mulher separada sem filhos na Noruega?
preciso de ajuda. meu casamento já nåo esta dando certo, sou casada com um Norueguês e eu nåo quero voltar ao Brasil.
Conheci esse homem em Natal, parecia uma pessoa boa, me trouxe e casamos mas depois de uns 6meses a chatice teve inicio. hoje ele esta com 49 anos, nåo me dá mesada, se eu quero ou preciso de alguma coisa, ele vai na loja comigo e compra mas nåo me dá dinheiro na minha måo de jeito maneira. Dei entrada no meu visto permanente hoje e quero sair fora dele porque me humilha, diz que nåo arrumo mais ninguém, que ninguém vai me querer, diz que eu como demais, ele é muito muquirana com comida. Tem noite que eu nem durmo pensando como sair das garras dele sem precisar voltar ao Brasil porque nåo tenho família a nåo ser um irmåo que é abusado e só faz me pedir dinheiro diz ser para pagar as contas da casa que nossa måe deixou mas eu sei que é mentira. Esse irmåo nåo tem juízo, esta sempre desempregado e é meio aproveitador entåo prefiro ficar aqui mesmo.
Eu nåo tenho filhos ainda, já falo norueguês mas ainda nåo tenho trabalho mas estou fazendo um curso de trabalhar em creche e termino esse mes. será que eu consigo ajuda do nav caso eu me separe dele ou será que eles me mandam embora por eu nåo ter como me manter aqui sozinha? que tipo de ajuda eles me dariam? sabem de quanto seria essa ajuda? "


Eu sei que não é um caso isolado, por isso vou falar tudo o que eu sei, de casos que ocorreram no meu circulo de amizades...

Primeiro é valido lembrar que antes de pedir pelo divorcio concreto, tem que se passar por um ano de separacão para ver se ha chances de reconciliacão, principalmente se ha filhos menores de idade oriundos do relacionamento.

*Causos que eu vi e ouvi:

1- Separacão com filho(a) menor de idade, a mãe estrangeira não trabalha e não tem visto permanente: Esse caso eu acompanhei de perto, a mãe brasileira recebeu a permissão para ficar, mais a ajuda do estado, aluguel da casa, transporte, e uma mesada de 6 mil coroas por mês para a alimentacão. Recebeu carta da UDI, em que dizia que o processo dos vistos iria recomecar da etapa zero, pq a reunificacão familiar agora seria por causa da filha e não mais por causa do marido. Resolveu o problema voltando para o marido.

2- Separacão sem filhos, com a mulher brasileira trabalhando, mas sem o visto permanente: Esse caso eu não acompanhei de perto, mas foi a protagonista da historia que me contou. Mesmo tendo trabalho fixo, foi obrigada a retornar ao Brasil. Resolveu o problema casando-se novamente , dessa vez com um bom partido ;-).

3- Separacão, sem filhos, a mulher sem visto permanente e sem emprego fixo. Esse foi um caso extraordinario, tambem ouvi diretamente da protagonista... O casal se casou no Brasil, mas chegando aqui ela descobriu que ele era encostado pela NAV, então ele não tinha a renda minima para se casar, ou seja, ela jamais receberia a permissão de ficar... Ela pediu pela separacão e retornou ao Brasil, mas ja esta com um outro partido Noruga.

4- Separacão sem filhos, sem emprego e com visto permanente... Eu nunca acompanhei um caso desse diretamente mas acho, repetindo, ACHO que tendo um visto permanente vc passa a ser "um problema" da Noruega,  (é so' modo de falar, vc não é um problema). Fazendo uma breve pesquisa ontem a noite achei os seguintes sites:



A pagina da NAV não quer abrir momentaneamente, mas eu li que tendo um visto valido, vc ja tem direito a receber a ajuda do social. Mas entre outras coisas, tendo o direito, eles te ajudarão com o aluguel da casa, transporte, advogado, cursos, e com a entrada no mercado de trabalho.

Eu sei que se conselho fosse bom a gente não dava, vendia, mas eu no seu lugar amiga, segurava as pontas mais um pouco, ate conseguir um trampo, ou juntava uma grana fazendo umas faxinas,( muito facil conseguir casas p/ limpar colocando anuncios em supermercados), e coisas do tipo... Viver pelo social tambem e' uma humilhacão, acredite... vc tem que dar satisfacão de tudo o que faz com a merreca que te dão...

Se alguem puder ajudar com alguma informacão extra, fique a vontade!





9 de maio de 2012

A Noruega prega a igualdade entre os sexos, credos, cores e etc... Mas e na pratica, ali, atras dos holofotes, o que realmente rola?

Eu tenho que dividir isso com vocês... Tudo comecou com um texto meu, em que eu apontava as diferencas no quesito higiene entre noruegueses e Brasileiros (vocês podem ler o texto na integra aqui)... e isso desandou para as seguintes mensagens de um suposto norueguês:

I have to laugh at some of the comments in this blogg. It does sound to me like there is an inferiority complex going around. I am a Norwegian. I shower every day, and i dont know a single Norwegian that does not do the same. Norwegians are in general a very intelligent and good people in many ways, but like everywhere in the world there are those who are not very fortnate in some ways. Maby some of the posters in this blog have been unlucky and ended up with these types....lol.
Now, if you want to live a life in overwhelming luxury it is probably not adviced that you come to Norway. We have a society where you can live in safety and you wont have to starve. There is plenty of work, and we have decided to have a society where a countrys wealth is shared through a strong middleclass. If you are the gold-digger type you may want to consider being one of some arabs 7 wives.... Or prostitution...some of them earn good money you know... as you should know since you are brazilian...lol... As you may have noticed being an expert in my country and its people, we dont have many norwegian women in that lifestyle... Nor do we have millions upon millions living in slums and such....nor do 10% of our people sit upon 80% of the countrys wealth. Im reading that norwegians are naive, unhygienic, walk around in dirty clothes with holes in them and so on and so on. Having been to brasil i have to laugh. Corruption, dirt, criminality, and lazyness is the norm. I notice this, everyone does... but up until now i have kept my opinions to myself and focused on the many great things about your country. I dont possess an inferiority complex that gives me the need to publish this filth on some blog. I suggest that you keep these fantasies to yourself and publish some of the good things in the future. Critizism is always welcome, but rudeness and straight out lies are not. Now i understand that this is no bible, and you are allowed to write whatever you want, but as a norwegian reading this, i just had to comment. Now...if you have the guts to publish my opinion of your blog you will have regained some of my respect of you and your people.

---------------------------------------------------xxxxxxxxxxxx-----------------------------------------------------
Fim da primeira mensagem

My god, a bubble of air has been placed upon your shoulders. You Do have an inferiority complex, its damn obvious. Få av dine rosa briller?? hahahaha ynkelig!
You talk about the reality around you you say? You talk about negative bullshit that is disrespectful and a damn lie, and you know it. You must have landed in Norway and been so ovwewhwlmws by inferiority that you started to dig after some negative filth that you have exagurated to the point that it is pathetic. I do not know you and i am glad i dont, but it does seem like you are a disrespectful small human being. I mean, what is this?? Are you seriously living in Norway sitting on the internet telling lies about the norwegians as a way of venting you frustration and inferiority? Dont you see how pathetic that is?

hahahaha just keep denying the thruth?? Are you serious? You really are just a bubble of air. Jesus is crying! lol. Norway is a small country and we dont take to kindly to a blog like this spreading propaganda about our people. Here you have been given an oportunity to live in a civilized society, and this is the way you repay us? You owe this country a great deal, and francly we are getting tired of trying to help the little peolple, that come from the underdeveloped world. You should be sterilized so that you dont polute the world and reproduce, or is that to late? Please tell me it isnt. I wonder what your husband says about this. is it ok that i link this blog on various forums in Norway?
----------------------------------------------------xxxxxxxxxxxx----------------------------------------------------
Fim da segunda mensagem...

Gente não vou fazer comentarios sobre o primeiro texto... Atacar minhas ideias tudo bem, mas me atacar como pessoa, sem me conhecer, ao meu ver, a pessoa ja perdeu toda a razão...
Mas dando uma olhada na segunda parte do segundo texto (onde ele ficou realmente irritadinho), e' que eu acho que a pessoa mostrou a verdadeira faceta...

Here you have been given an oportunity to live in a civilized society, and this is the way you repay us?
Traducão: Aqui você teve a oportunidade de viver em um sociedade civilizada, e e' dessa forma que você retribui?

You owe this country a great deal, and francly we are getting tired of trying to help the little peolple, that come from the underdeveloped world.
Você deve a esse pais uma boa parcela, no's estamos cansados de ajudar pessoas pequenas de paises em desenvolvimento...

You should be sterilized so that you dont polute the world and reproduce, or is that to late?
Você deveria ser esterializada então você não poluiria o mundo ao se reproduzir, ou e' tarde demais?

E no final o "civilizado" tenta me intimidar
is it ok that i link this blog on various forums in Norway?
Tudo bem se eu publicar esse link em varios forums na Noruega?

A verdade e' uma so' minha gente... Na terra dos outros sempre havera discriminacão... Pra eles e' indiferente se muitos de nos estudaram em melhores colegios do que eles, se tinhamos acessos a medicos de qualidade e em curto prazo de tempo, bons empregos, se tinhamos uma casa confortavel, se nossos pais tinham carros zeros na garagem, se tinhamos empregadas domesticas, se comiamos em restaurantes praticamente todos os dias... Sempre seremos vistos como pobres coitados que precisam de ajuda, que vieram pra Noruega em busca de uma vida melhor, dando o golpe da barriga em algum noruguês... E que por isso deveriamos calar a boca, fazer vista grossa e não apontar as falhas do pais... Se todo mundo achar que tudo e' perfeito, melhorias nunca serão feitas, não concordam???

E pelo visto essa pessoa tem muito tempo pra jogar fora... coisa que eu não tenho... Como dizem no Brasil: Se doeu e' que a carapuca serviu, rsrsrsrs...

Ahhhh sim, e a partir de hoje as pessoas terão que ter uma conta do google p/ escrever nesse blog... Ser covarde e se esconder atras do anonimato e' facil... Dificil e' defender suas ideias e conceitos "botando a cara"...

2 de maio de 2012

Ela se aposentou...

 

Pois então, resolveram aposentar as moedinhas de 50-øringen no dia do trabalhador. Para minha alegria, terei menos moedinhas pra contar no trampo ;-) O motivo que deram para a saida de circulacão da "moedinha cor de cobre" foi o de que elas não estavam sendo utilizadas pela populacão, esquecidas nas gavetas, elas estavam dando um prejuizo danado a "Casa da moeda norueguesa" então o "Banco Central" decidiu parar com a emissão... Vc que esta com o porquinho abarrotado de moedinhas, algumas delas de 50-øringen ja não pode mais comprar coisas com elas, mas tera 10 anos para troca-las no Banco.

22 de abril de 2012

Seu dinheiro de volta!

 Ahhhhhhhhhh, se eu soubesse... Eu fiquei fazendo temporariamente o trabalho da galera do Global refund, pq no inicio do ano eles mudaram de lugar o escritorio... Agora fica no mesmo saguão do check-in. E percebi que foram pouquissimos brasileiros, portugueses e espanhois a pedir pelo reembolso. Então, fica aqui a dica... Quando vierem de passeio a Noruega, em cada loja que passarem, seja de roupas ou souvenirs, se comprarem mais de 290 coroas, vcs devem pedir pelo "tax free", lembrando que a Noruega não faz parte da união europeia, por isso vcs europeus tb tem direito. Os unicos paises que não tem direito são a Dinamarca e Suecia, por razões obvias! :-) Preencha o formulario com os seus dados (Nome, endereco, passaporte e cartão de credito, se for o caso), e vcs podem receber o valor das taxas que foram pagas em euros, em coroa norueguesa, ou de volta cartão de credito! E isso ai galera! Fica a dica!

7 de abril de 2012

"A vida é um eco. Se você não está gostando do que está recebendo, observe o que está emitindo."

"A vida é um eco. Se você não está gostando do que está recebendo, observe o que está emitindo."
 Proverbio Indiano

Sou muito fã dos proverbios, nada melhor do que a sabedoria popular...

Pois e gente, depois de uma saida frustrada ontem a noite, eu fui dormir e acordei muito chateda... Ate entrar no facebook e me deparar com o proverbo acima...

Eu nunca fui uma pessoa muito pontual... Mas recentemente acho que o meu lado europeu esta falando mais alto... Minha mãe sempre dizia: "Quem na hora não vier comera do que trouxer" e ela ja me deixou na pista, tomando banho pq eu estava atrasada p/ aniversario de 4 anos da minha priminha, (Ohhh Deus sabe como eu amo festa de criancas, so ela sabia o endereco). Eu tive um bom exemplo em casa, mas nunca dei valor...

No Brasil eu justificava meus atrasos com o transporte, o trânsito (que de certa forma tambem influencia um pouco na pontualidade dos brasileiros), ja na Noruega eu justificava meus atrasos dizendo que era algo "Cultural", e não entendia, pq eu não era recebida com sorrisos quando chegava 5 minutos atrasada na casa da sogra para o jantar, ou pq não havia mais comida, quando cheguei atrasada 15 minutos em um jantar na casa de uma das minhas amigas. (Todos os atrasildos sempre tem uma justificativa quase sempre esfarrapada na ponta da lingua, eu sei bem como é).

Hoje, - so aos 29 anos - , com uma maturidade muito maior do que a que cheguei na Noruega é que percebo, cultura é o car*lho, marcar alguma coisa e não chegar no horario é uma puta falta de respeito. E uma falta de respeito com os que chegaram no horario para jantar e estão com fome, é uma falta de respeito com a pessoa que passou horas cozinhando e fez de tudo p/ comida estar quentinha no horario marcado, é uma falta de respeito com quem se arrumou, "fez a chapinha e a maquiagem" desde cedo,  além de ser muito deselegante. E como se vc dissesse na minha cara que o seu tempo é mais valioso que o meu, e que por isso o meu pode ser jogado fora, cara assim não rola. 

Depois de um cha de sofa e de cadeira de mais de uma hora e meia ontem a noite, resolvi ir p/ casa obviamente fula da vida, e acordei infelizmente com essa energia... Ate ler esse proverbio Indiano. Putz, é isso ai... Estive emitindo a mensagem errada todo o tempo... Comecando com os exemplos errados, como posso querer que alguem chegue no horario, quando eu mesma chego 5, 10, 15 minutos atrasada? (Atraso é atraso). Como as pessoas vão saber que chegar atrasada não é legal pra mim, se eu nunca cheguei junto da pessoa p/ dizer como eu me sinto sobre isso? Depois desses minutos de reflexão, eu relaxei e conclui que eu tenho que "ser" a mudanca que quero ver nos outros. A partir de hoje fica a promessa de que eu parei com esse negocio de 5, 10,15 ou mais minutinhos de atraso. Ja não sou uma crianca ou aborrecente, e como diria meu avo: Sua palavra é a coisa mais importante que você possui! "A la Norueguesa" agora!


15 de março de 2012

"Muito cuidado com quem você coloca dentro da sua casa minha filha"

"Muito cuidado com quem você coloca dentro da sua casa minha filha" - Esse foi um dos conselhos que minha mãe me deu antes de que vir p/ Noruega. Tem coisa mais certa do que conselho de mãe?

Antigamente eu tinha essa ideia errônea de que psicopata era aquele cidadão frio que saia por ai matando inocentes... Mas ai minha amiga me presenteou com um livro chamado "Mentes perigosas" (não lembro o autor) que abriu a minha mente. Os psicopatas em sua grande maioria são pessoas super simpaticas e sedutoras, que sem o menor pudor são capazes de destruir casamentos, carreiras profissionais e amizades entre outras coisas. Sentimento de culpa não existe, pois eles se sentem superiores e tem a ideia que tudo e todos no mundo estão la para os servirem. "Você pode estar dormindo com o inimigo sem se dar conta". Essa e a ideia principal que eu captei do livro.

E na Noruega... Bom, na Noruega a gente fica tão sentimentalmente fragilizado, sem familia por perto, sem os amigos de longa data, que acabamos abrindo as portas de casa praticamente p/ qualquer um, e ai mora o perigo...

Digo,  se uma pessoa vem a minha casa e vê que meu fogão esta sujo, pode fazer comentarios dizendo que o meu fogão so "falta sair andando", ao mesmo tempo, se o meu fogão estivesse limpissimo, reluzindo, os comentarios seriam do tipo: "Não se faz fumaca nessa casa?". Esses comentarios seriam incovenientes, mas ate então tudo bem, como diria a Cassia Eller, o povo fala, o povo fala mesmo. O que eu ja não admito, e que a pessoa que escutou um comentario bobo como esse, aumente, distorca, e venha me contar "jogando lenha na fogueira" querendo ver o "circo pegar fogo". Esse e o tipo de pessoa que eu pretendo manter afastada. Essas são as verdadeiras viboras, trazendo e levando, provocando a discordia todo o tempo.

Continuando...
Eu escutei em algum lugar a melhor filosofia de todos os tempos, que era mais ou menos assim: Não conte seus problemas pra ninguem. Metade das pessoas não esta nem ai, e a outra metade (os infelizes) ficara feliz que vc os tenha. (A unica pessoa que sabe tudo da minha vida, tudinho mesmo e a minha mãe, pq amor de mãe realmente e incondicional). 
Cara, meu professor de geografia ja dizia: Pq vcs acham que as pessoas se amontoam nas bancas de jornais p/ ver o jornal o povo? (p/ quem não sabe o povo era um jornal que sempre trazia materias grotescas de pessoas decapitadas, estupradas, era aterrorizante) e ele respondeu: Os pessoas gostam de ver outras que estão mais f*didas que elas. Triste, mas reparando bem, e verdade.

Se todos se preocupassem menos em seguir "a moral e os bons costumes", ou seja, o que disseram p/ vc que e "o certo a se fazer", e se dedicassem mais a fazer o que gostam, garanto que o mundo seria um lugar mais feliz... E quem fizer o infeliz comentario de que a sua casa ta uma bagunca, diga: Ja que tu ta tão incomodado(a), tu pode ficar ai limpando enquanto eu vou ali tomar um banho de banheira com os meus sais, ou dar uma voltinha no shopping encontrar os amigos, ou seja, tu se fode ai trabalhando enquanto eu estou sendo feliz.

Uma outra letra da Cassia Eller que tem tudo a ver:

Faça O Que Quiser Fazer

Pegue, se quiser um pedaço
Se quiser inteiro, se quiser pegar
Quebre, se gostar do som
Se te botar pra cima, se pra você é bom
Chore, se você quiser
Se ter ajuda a ver, se ajuda a enxergar
Reze, se quiser rezar
Se isso te convém, se você souber
Faça o que quiser fazer, é só querer
Fuja, se você tem medo
Se mesmo sendo cedo essa é a solução
Finja, quando quiser enganar
Ou mesmo dissimular alguma situação
Grite, se quiser gritar
Se é só pra aliviar, grite logo, então
Morra, mesmo sem querer
Ou se você quiser com suas próprias mãos


O que eu quero dizer e... Faca o que quiser fazer, so não fique amolando os outros que tiveram a coragem de fazer por onde e seguir o estilo de vida que sempre desejaram. A vida e curta, e vc ainda vai decidir viver a vida de outrem? Não faz sentido!

3 de março de 2012

Zum zum, zum, zum, zum, zum... capoeira mata um...

Meu grande sonho na infancia era aprender capoeira... mas não sei pq minha mãe decidiu me colocar no jazz... uma catastrofe.

Mas quem sabe nossos futuros rebentos não possam desfrutar do esporte/luta/ danca... nem sei, capoeira e um pacote perfeito... e vcs ja viram os corpos das mulheres que praticam???




E impressão minha ou as aulas de capoeira e samba ocorrem no mesmo endereco?


25 de fevereiro de 2012

Samba neles Brasil!

A primeira e unica escola de samba em Oslo:



Resolvi criar uma nova secão no meu blog...Anuncios.

Obviamente o primeiro anuncio tinha que representar "a cara do Brasil". Uma escola de samba! (Ainda em clima de Carnaval, kkk)

Então se vcs quiserem anunciar qualquer empreendimento, pode ser um salão de beleza,  uma cafeteria, venda de roupas, algum evento que seja relativo a brasileiros, podem anunciar aqui... segue o email para contatos: falanoruega@ig.com.br - não se esquecam de preferência enviar fotos do local, dizer quem organiza e principalmente em que região o babado esta ocorrendo, e favor deixar uma mensagem atraves desse blog, pq eu não entro nesse email com muita frequencia, ok? Enquanto isso vou permanecer ligadinha nas comunidades do face, pq tem muita gente postando muita coisa legal por la. 

21 de fevereiro de 2012

Alegria que contagia! Mata a titia de orgulho!

La estava eu sentadinha no confortavel sofa da academia, esperando o maridão me dar um bonde p/ casa... eis que decido abrir uma revista (publicada pela propria academia) e me deparo com uma reportagem de duas paginas sobre o sucesso da zumba brasileira (provavelmente uma adapatacão da lambaerobica)  nas academias do grupo Elixia. O responsavel por tal facanha e o Paulo Santana, esse no centro da primeira foto. Eu sempre brinco com o meu marido: Vc tinha tudo antes de eu entrar na sua vida, menos felicidade. E eu gosto de pensar que brasileiros na Noruega tem uma missão, alegrar o povo, rsrsrs. Pq alegria igual a nossa, eu vou te dizer... não existe em nenhuma outra parte do mundo não... E pelo visto o Paulo e sua trupe estão cumprindo esse papel com excelência. A maioria dos escandinavos com os quais eu converso tem uma boa impressão sobre o Brasil. Aparentemente os problemas de violência e corrupcão não são os primeiros fatores lembrados quando eles escutam o nome Brasil.

E vcs amigas que ja moram aqui, como vcs sentem que e a aceitacão do povo brasileiro entre os nordicos? Vocês tambem sentem que entre os estrangeiros oriundos de paises em desenvolvimento, nos gozamos de uma certa "regalia"? Vai ser legal se vcs puderem deixar a opinião de vcs aqui.

7 de fevereiro de 2012

Depoimento de um brasileiro casado com uma Norueguesa, (vivendo no Brasil).

Não querendo desmerecer ninguém... Mas um dos maiores orgulhos que o meu blog me dá, é ver entre os seguidores do blog pessoas intelectualizadas... Professores, educadores, pesquisadores, amantes de poesia, pessoas bem sucedidas em geral. Sinal de que eu falo besteira mas não muita, rsrsrsrs.

Um agradecimento especial ao Fabio Macedo, que gentilmente nos concedeu esse depoimento:

(Um pequeno resumo dos fatos: Fabio casou-se recentemente com uma Norueguesa e os dois estão vivendo no Brasil).


Oi Carol !

Bom,

Para começar, eu passaria dias aqui filosofando e trazendo pontos e mais pontos em algo que é um hobbie para mim:

As diferenças culturais entre povos e raças !

Se formos pensar em um ponto de vista ainda mais técnico e apurado, não existe exatamente a visão padrão do brasileiro para o norueguês...

Como eu sempre digo para a Marianne (minha esposa) o Brasil não é rotulável. É um país muito grande com diferentes origens, valores e costumes.

Eu, Carol, sou o maior exemplo disso ! Não tenho qualquer identificação com qualquer item que poderíamos considerar como a de um "brasileiro nato".

Sou de São Paulo com pai também paulistano de descendência libanesa e mãe catarinense de colônia germânica, em diversos lugares, muita gente juraria que não pareço brasileiro nem fisicamente (O que é outro assunto complicado do tipo: Com o que de fato se parece o brasileiro ?? - Nosso país é muito jovem como nação e se não temos origem diretamente de índios nativos ou mulatos que é o que geralmente o estereótipo do brasileiro, não temos origem sangüínea definida até digamos, a quarta geração). Bem, voltando, DETESTO cerveja, Detesto carnaval e samba, NÃO suporto calor acima de 26 graus (JURO QUE NÃO é BRINCADEIRA) e não ligo para futebol (Somente dou atenção para Copa do mundo e mais pelo evento do que pelo futebol propriamente dito) ! Quero sobretudo dizer aqui que as letras maiúsculas parecem ter um tom de desprezo mas não é isso. Não julgo e respeito pois cada um tem seu gosto e personalidade. É só para enfatizar a minha personalidade fora dos padrões tupiniquins mesmo rs !

Portanto, quis dizer tudo isso para mostrar que eu certamente terei um ponto de visto sobre o norueguês, completamente diferente do que um amazonense, um mineiro, ou um soteropolitano vai ter... E sei que isso levantará questões do PORQUÊ não estou indo para lá agora se não me identifico aqui... Mas isso será abordado um pouco à frente. (Minha idéia é de COM CERTEZA, daqui alguns anos ir para Bergen com ela e futuros filhos).

Dito isso, todos já podem esperar rs... O norueguês típico para mim não é nada (na maioria das coisas) tão terrivelmente diferente do que estou acostumado.

Por exemplo, a Carol sempre comentou e isso é um fato esperado pela maioria brasileira de que a família norueguesa é fechada... Isso é um fato ! Porém, a minha família é mais fechada do que a dela !!! RS (Primeiro relato da quebra de um paradigma)

O norueguês está acostumado com o frio... Fato ! Entretanto, eu gosto mais e suporto mais o frio do que minha esposa e muitos outros noruegueses que conheci... RS (Segundo relato e por aí vai...)

É muito engraçado e divertido analisar as pessoas neste aspecto ! Gosto muito de todos os posts da Carol pois ela escreve tudo isso com muita paixão e vejo que sua vivacidade para absorver a vida na Noruega é sem limites !! Uma verdadeira biblioteca !

Bom, para encurtar um pouco este texto pois é muita coisa para contar (minha estória com ela é REALMENTE coisa de filme) Algo que era quase impossível acontecer, mas, aconteceu rs.

Vou escrever o básico do básico de como ela é (fazendo paralelos com as outras norueguesas) e como ela está agora no Brasil. Claro que ao longo do texto tomarei rumos diferentes, esquecerei detalhes e teremos frases desconexas, entretanto, espero estar aqui para compartilhar as experiências e matar dúvidas se existir alguma ou curiosidade de alguém !

Quando nos conhecemos, ela tinha 27 anos e eu 30, hoje tenho 32 e ela 29... Ela professora de quinta série e eu, formado em marketing e piloto comercial de helicópteros em operações navais. Entre mais de 9 indas e vindas minhas e delas entre os 2 países em 1 ano e meio, ela está no Brasil em definitivo desde o dia 30/10/2011.

Eu realmente acho que para um relacionamento assim funcionar (e no caso contrário tipo da Noruega para o Brasil e o marido ser brasileiro), existem ingredientes básicos e obrigatórios e o primeiro deles infelizmente e sem demagogia, é além do amor ter que ser verdadeiro, a condição financeira !

Por mais que no mundo moderno a condição feminina de hoje se iguale em digamos 95% da masculina (sejamos otimistas - Sei que ainda não está assim mas em países modernos diria que 99% da igualidade acontece), eu ainda acho que o meu caso é muito mais atípico !! E os números provam !! São muito mais mulheres estrangeiras com noruegueses do que norueguesas com brasileiros. Mencionei a igualdade masculina e feminina porque na sociedade, ainda é menos "aceitável" psicologicamente um homem em uma condição muito pior do que o inverso.

Para qualquer pessoa que pense no formato mais cru e básico da seguinte situação: Uma mulher, sem filhos, jovem, da Noruega e em São Paulo com um brasileiro, parece loucura (a loucura estaria no fato da mulher norueguesa se mudar por um relacionamento e não em se relacionar com um brasileiro pois como a Carol disse, é extremamente normal elas terem qualquer tipo de caso durante suas viagens de verão, com latinos de diversas origens).

Sei que meu depoimento tem leves tendências exibicionistas ou esnobistas rs... Não me acho o último biscoito do pacote rs... Mas o FATO e ela mesmo me diz que isso tudo só existiu porque não é um relacionamento com degraus culturais, intelectuais... Isso é um tanto quanto óbvio mas acho fascinante imaginar quando existe tal coisa e o amor é verdadeiro ! (Talvez eu tenha uma mente muito fechada quanto a isso... Não sei.)

Exemplo: No mundo de hoje, acho que EM GERAL, a mulher é menos tolerante no que diz respeito a um homem com um diferenças intelectuais e econômicas do que o inverso ! E principalmente as norueguesas...

Além do mais, minha esposa mesmo se diz um pouco fora da média da garota norueguesa padrão e por um simples e puro motivo chave: Ela é cristã... Mais precisamente luterana. Está aí a Carol que não me deixa mentir que para uma garota de 29 anos, ser uma pessoa mais focada em religião que é algo bem menos comum na Noruega, já faz uma tremenda diferença !! O próprio círculo de amizades dela é um pouco assim. Ela nunca fez parte da juventude descolada que sempre teve festinhas regadas a álcool e sim, de viagens culturais e coisas e tal. Pra se ter uma idéia, a irmã mais nova dela de 22 anos se enquadra no perfil oposto ao dela ! Engraçado isso ! No entanto, uma coisa não escapa dela referente ao que a Carol já tinha dito e eu sempre soube mas para mim seria um desafio que eu gostaria de encarar com gosto... O que diz respeito à independência e sentimento de autoridade da média feminina norueguesa !! Um barato isso rs ! Já vou explicar de antemão que o que relatarei agora não é o livro da verdade mas uma grande teoria discutida inclusive com meu amigo sueco que vive há muitos anos em SP.

Sou um homem bem conservador e de gênio um pouco dominante rs... E ela aprecia demais isso pois disse que muitos mas MUITOS (Obviamente não todos) homens noruegueses não tem isso... Fazendo com que muitas mulheres norueguesas acabem desenvolvendo esse sentimento de independência total (claro que levando em consideração o fato de que hoje em dia a humanidade também caminha para a igualdade por natureza)...Traduzindo, não precisa ser um joão sem braço metido a macho rs mas sim, um homem educado, honesto e atencioso e DE ATITUDES !

De todos os detalhes da personalidade da minha esposa, o que CERTAMENTE mais me chama a atenção e surpreende, é sua inocência e ingenuidade !!!!

Tá certo que ela como eu disse, é de grupo luterano, tem princípios e valores diferentes até para a média feminina conterrânea dela, mas ainda assim, é IMPRESSIONANTE a inocência dela com o teor do que pode existir de malandragem nesse mundo. Sabemos e sem prepotência, que nosso país está em um nível avançadíssimo disso ! Sempre brinquei que tenho que doutriná-la a ser mais agressiva do tipo: se vendedores ligarem convencendo-na de que ela precisa no Brasil, de um avestruz no quintal pois todo brasileiro tem um, ela comprará 2... Um pra mim um pra ela e ainda escreverá uma carta de recomendação sobre o vendedor !!!

Nossa decisão dela vir para o Brasil ao invés do contrário foi puramente uma questão de foco e previsão financeira para o futuro... Neste caso, meu trabalho e meu salário sobrepuseram o dela com facilidade ao ponto de enquanto somos jovens e sem filhos, a maior perspectiva de crescimento é sem sombra de dúvidas em São Paulo... Graças a Deus minha família tem uma condição realmente muito muito boa e temos todo o suporte (Caso se faça necessário) possível, e isso já não teríamos lá caso dependesse de parentes para qualquer tipo de ajuda mais íntima.

Por enquanto, a adaptação está melhor do que eu imaginei no nível mais otimista possível ! Às vezes preciso me beliscar para acreditar....

Para uma mulher, independente, norueguesa, vir para o Brasil para durante muito tempo, não trabalhar e ser sustentada, acreditem, é uma paulada violenta no ego e nos instintos vikings das ditas cujas rs... Prefiro sempre acreditar que é muito amor mesmo ! E sei que é ! O que me deu muito medo é ela se sentir muito sozinha... (trabalho 14 dias ininterruptos em bases pelo país e folgo 14 dias em casa). Ela me acompanhou nas 3 primeiras missões que eu estive a trabalho desde que ela está em definitivo no Brasil (estou no momento em uma base em Belém e essa missão, ela ficou em SP). Dirigir, também é algo que ela AINDA não faz em São Paulo...(Isso não me surpreende rs).

Graças a Deus, as preocupações acabam por aí pois ela já está cheia de amigos aqui. Todos os meus amigos e parentes adoram ela e sempre estão convocando para fazer algo ! Até no dia do Natal, fomos na Igreja Escandinava em São Paulo, onde toda a comunidade freqüenta (Na maioria suecos) e lá ela conheceu uma outra norueguesa que está em SP há 5 anos casada com um brasileiro e está super feliz !! Ganhei na loteria pela segunda vez rs, agora ela tem uma amiga que se bem me lembro, é de pertinho de onde a Carol está (Pelo que li sobre onde eles moram) e ainda, mais uma opinião positiva sobre a vida no Brasil (em São Paulo).

No momento, estamos morando nos meus pais pois meu apartamento (agora nosso) fica pronto no fim de março. Com todas essas informações, a vida dela tem sido relativamente muito tranqüila nesta nova etapa, estando na maioria do tempo se divertindo e cheia de planos para nosso futuro, apartamento pra decorar, etc. Estamos até embarcando para Stavanger agora quando eu voltar pra SP dia 9/2, para ter uma segunda festa de casamento agora com a família dela e ainda seremos padrinhos de um bebê de um casal de amigos dela/nossos em Bergen. (Minha mãe uma vez fez uma roupinha de tricô para o bebê deles em uma de minhas viagens para lá e o casal ficou realmente tocado com aquilo).

Quanto ao que a Carol levantou do que ela não gosta no Brasil... Diria que é pouca coisa pois muitos detalhes, são o que vemos na mídia quando se tem uma vida um pouco mais isolada dos problemas sociais no país (Crimes absurdos, desorganização, corrupção em níveis que chegam ser piada, sujeira, falta de educação, etc.) mas nada disso a gente vive exposto a um grau que realmente incomode muito! Não sou nenhum milionário e ela não está vivendo isolada em um conto de fadas... Não é isso ! Mas bem sabemos que o Brasil é um país de enorme contraste até no quesito qualidade de vida quando se tem e quando não se tem !!! Infelizmente é assim !!

Ela realmente esta gostando de viver em São Paulo do jeito que estamos vivendo. O português não está mais sendo grandes problemas pois ela já conversa bem (com os devidos descontos) e no geral, ela se vira muito bem mas claro que ainda é como se fosse um bebê reaprendendo como a banda toca por aqui. Sua perspectiva de trabalho será mais para se ocupar e se sentir bem do que puramente por necessidade financeira. É claro que um upgrade na renda familiar é sempre bom mas meu ponto é: Não a tirei da Noruega para piorar sua qualidade de vida ! Acharia isso muito injusto... Ela madrugando para encarar de 3 a 4 horas por dia dentro de um carro em SP de segunda a sexta em uma jornada de trabalho maior do que é na Noruega. Isso é fato ! Não que seja uma coisa descabida pois todo brasileiro tem essa rotina dura mas não para ela que sempre esteve acostumada com outro ritmo. Como sou piloto, nem eu mesmo sendo paulistano me exponho a isso !! Graças a Deus !

Em resumo, estamos muito felizes.

Ela é o maior amor de pessoa que eu já conheci nessa vida e com certeza merece cada gota de suor e sangue que eu possa oferecer para ela...
 
 
Um lindo depoimento Fábio! Dá p/ sentir a paixão nas palavras... Felicidades ao casal!!! E obrigada novamente...
 
Vou fazer alguns comentários abaixo...

1 de fevereiro de 2012

Palavrões em Noruegues

"Det er iskaldt og det regner konstant. Det er mørkt når det skal være lyst og omvendt. Jeg skjønner at folk banner". - Kimmy Nolan,  Alt for Norge.

frio e chove constantemente. É escuro quando deve ser claro e vice-versa. Eu entendo que as pessoas profanam/xingam". Kimmy Nolan, participante do programa Alt for Norge.

Uma lista inteira de palavrões em norueguês p/ quem queira se "aperfeicoar" no tema, he he he
 


(Apesar de tudo, vale lembrar que o norueguês é uma das linguas mais inocentes no que diz respeito a "palavrões/palavras feias/ xingamentos). - wikipedia

Acho importante aprender inclusive todos os palavrões em norueguês, não como uma forma de ataque, mas como uma forma de defesa, caso alguém decida "te pegar para cristo".

Na região onde moro acho que o palavrão mais comum é fy faen. Mas tb rola muito: Drittsekk , helvete,  satan e jævla.

26 de janeiro de 2012

Agora é a vera...


Pois é gente agora o boato se confirmou... Segundo o site da UDI os que chegarem a Noruega a partir de  2012 em diante, dispostos a viver, serão obrigados a cursar 600 horas do curso de noruegues (lingua e sociedade). A obrigatoriedade anterior era de 300 horas.

25 de janeiro de 2012

O que é felicidade???

Gente, teve uma pessoa que não quis se identificar, mas que afirma ser do meu convivio e me deixou um recado mal criado essa semana sobre o meu penúltimo post, como o blog é meu, eu me dou aqui o direito de resposta.

Querido anônimo, acho que você não acompanhou minha linha de raciocínio, eu sei, nem sempre é fácil, mas vou tentar explicar da forma mais clara possível dessa vez.

Comecando sobre o meu conceito de felicidade...

Felicidade não significa ser isento de problemas até as mocinhas das novelas das 8 tem problemas, imagina uma mera mortal como eu, mas é ter a capacidade de livrar-se deles na mesma velocidade em que eles aparecem.

Quem poupa o lobo sacrifica a ovelha. Felicidade é não assistir de forma passiva que todas as coisas que te fazem mal e te incomodam permanecem ao seu redor pq vc tem medo de colocar a BOCA NO TROMBONE e reclamar, fazendo assim com que as coisas mudem. Gente, Galileu quase queimou na fogueira por sua conviccão de que era a terra que girava ao redor do sol... Quem sou eu p/ achar que não pagarei um preco por minhas idéias??? Mas eu não vou enfiar minhas idéias goela abaixo de ninguém, assim como também não me sinto obrigada a engolir as idéias de ninguém. Eu tenho  bom senso, e quando me deparo com alguém que não sabe a hora de calar, eu me retiro.

Aí continuando..

"Chutar cachorro morto"... DESCULPA, mas p/ mim é coisa de psicopata.  Eu jamais em sã consciência humilharia uma pessoa que eu sei que tem dificuldades de aprendizado, que tem problemas psicologicos, problemas de saúde ou que está passando por uma fase muito difícil na vida. Mais ainda se pertece ao meu ciclo de amizades. Eu uso exemplos sim, de coisas que vejo e ouco, para que outros não cometam os mesmos erros. Eu costumo não citar nomes, nem imagens, pq isso não importa. O que importa é o milagre, não o nome do santo. O problema é que as pessoas as vezes estão tão devastadas por dentro, ficando com um nivel de sensibilidade tão grande que interpretam tudo da pior forma possível. Mas lembre-se, eu sou responsável pelo o que escrevo, não pelo que você entende.

A teoria do reflexo... Essa foi um professor de física que contou em classe, quando estava dando aula sobre espelhos... As pessoas costumam criticar nas outras, o que elas não estão satisfeitas em si mesmas. Pq as que são resolvidas não sentem a necessidade de ficar humilhando os outros. Eu mais do que concordo com essa teoria. Por isso volto a repetir, os meus exemplos  são só exemplos, não são p/ rebaixar nada nem ninguém, pq eu não preciso disso. O que eu NAO posso fazer é pintar uma realidade que não é a minha. Se eu disser que hoje em dia eu tenho problemas financeiros, eu estaria mentindo, se eu disser que o meu marido é ruim p/ mim, eu estaria mentindo, se eu disser que eu não tenho um emprego eu estaria mentindo, se eu disser que sou alcoolatra eu estaria mentindo, essas sim,  seriam mentiras das grandes. Os problemas que eu tive de adaptacão na Noruega estão todos aqui, só que as vezes implicitos, só visto aos olhos dos bons entendedores. E cá entre nós, se eu pudesse só permitiria a entrada dos bons entendedores no meu blogg, p/ evitar mal entendidos como esse entre nós. Confesso que eu não tenho muita paciência com gente limitada...

Infelizmente não podemos agradar a gregos e troianos... O que era p/ ser uma mensagem de ano novo, p/ dar uma levantada de moral na galera em geral, acabou sendo motivo de acusacões infantis e sem fundamento de uma pessoa atormentada. Só queria que ele tivesse tido a DIGNIDADE de ter me falado essas coisas pessoalmente, já que diz me conhecer.  Criticas construtivas, aquelas que demamdam um certo tipo de maturidade que você mostra não ter,  são e  serão sempre bem-vindas. Mas a covardia infelizmente é um mal disseminado na sociedade atual.

 Um pequeno texo do Augusto Cury sobre a felicidade , sábias palavras...
"Posso ter defeitos, viver ansioso e ficar irritado algumas vezes, mas não esqueço de que minha vida é a maior empresa do mundo. E que posso evitar que ela vá à falência.

Ser feliz é reconhecer que vale a pena viver, apesar de todos os desafios, incompreensões e períodos de crise.
Ser feliz é deixar de ser vítima dos problemas e se tornar um autor da própria história.
É atravessar desertos fora de si, mas ser capaz de encontrar um oásis no recôndito da sua alma.
É agradecer a Deus a cada manhã pelo milagre da vida.
Ser feliz é não ter medo dos próprios sentimentos.
É saber falar de si mesmo.
É ter coragem para ouvir um não. É ter segurança para receber uma crítica, mesmo que injusta".






20 de janeiro de 2012

Com que roupa eu vou...

Antes de mais nada... Esse não é um post necessariamente sobre moda... Até pq eu não entendo absolutamente nada de moda, só sei o que gosto e o que não gosto... Não tenho nenhum estilo, ou melhor tenho todos os estilos e eles insistem em se misturar...

Primeiramente algumas dicas sobre o que vale a pena ou não, quando e onde:
1 Comprem suas calcas jeans no Brasil, pq como diz minha amiga, praticamente todas as calcas femininas na Noruega tem espaco para uma "pitoca" das grandes..., as que não tem são caríssimas. Se vc tem um corpo "abrasileirado" (um bumbum considerável, com as coxas grossas), compre sua calca no Brasil... e se trouxer alguma que eu goste tamanho 40 me venda! kkkkkkkkk. Não precisa ser de marca, só de qualidade.

2 A melhor época do ano p/ comprar roupas de frio é em janeiro... Aqui eles enviam tudo p/ promocão mesmo, não é só as coisas que ficaram encalhadas, ou que ninguém é louco de comprar.  Coisas boas vão p/ promocão tb!Não há época melhor p/ fazer compras depois do natal. Em julho/ agosto tb é uma boa época p/ comprar roupas na promocão, com o curto verão se encerrando, muita coisa vai p/ promocão rápido.

3 Sutiã. Essa dica vai p/ as que tem o peito um pouquinho avanjatado assim como o meu... Os sutiãs da Noruega são excelentes, eles tem diferentes tamanhos do bojo e circunferência, garantindo uma excelente sustentacão... Eu SEMPRE tive problemas com os sutiãs do Brasil, pq desde novinha eu sempre tive peitão, e tinha que comprar um bojo enorme, mas o sutiã ficava subindo, sambando nas costas, pq se eu comprasse o bojo certo, nas costas ficava muito grande... aqui não tenho mais esse problema! É muito fácil achar um 75D (75 cm de circunferência e tamanho do bojo D - A é o menor e F é o maior), geralmente na promocão, rsrsrsrs.
4 A Noruega tem muitas lojas de roupas femininas, mas a maioria das roupas e estilos é muito parecido,  Aqui impera a lona de circo, volumosa, com varias camadas de tecido, eu costumo dizer que o difunto costuma ser 3 números maior, por isso costumo sempre comprar muitas roupas quando viajo. Aqui vai nomes e fotos de algumas lojas populares:

Lindex, Gina Trico, B Young, Bik Bok entre outras.

Lojas com preco bom, mas qualidade as vezes discutível...

Continuando... As vezes pode ser dificil escolher roupas para ir a um país frio e exotico como a Noruega, então aqui vão algumas dicas...

Que roupas usar na Noruega no/a:

Outono/Primavera

Pois é gente, rapadura é doce mas não é mole não... A nossa primavera/outono equivale ao inverno de muitos países europeus. As temperaturas geralmente variam entre + ou - 10C. Nos meus 3 primeiros anos de Noruega as temperaturas baixas prevalaceram nessa época, esse ano tivemos temperaturas acima dos 10 graus, incrível, até os noruegueses estão abismados.

O que eu uso nessa época???

Eu gosto de sobretudos ou outros casacos de um material grosso mas nem tão quente... Gosto de usar blusas de gola quentinhas e confortáveis... gorros, luvas e cachecóis são bem vindos.
 Verão

Regra número um do verão norueguês: A não ser que você queira propositalmente chamar a atencão, NUNCA use roupas em que a barriga fique de fora... Pois é, elas podem mostrar até o útero, mas as barrigas estão sempre bem tampadas... Não me perguntem o pq, EU NÃO FACO A MINIMA IDEIA!

As temperaturas a noite costumam a cair drasticamente no verão, nas sombras também então, mesmo sendo verão, nunca dispense uma jaquetinha ou casaquinho bem leve. Eu no último verão andei de casaquinho esportivo o tempo todo. O povo costuma a usar leggings com saias ou shorts, blusinhas e é claro sempre casaquinho por cima.


Inverno

Aqui é que o bicho pega... Ou pegava? Rsrsrsrsr. Os meus últimos invernos foram dolorosos, por mais que eu me vestisse "adequadamente" eu passava frio... Devido as baixas temperaturas, os trens estavam sempre 10/15 minutos atrasados, pode parecer pouco, mas é muito quando as temperaturas estão abaixo dos - 20C. Mas esse ano, o inverno está super brando, temperaturas positivas no mês de janeiro são raras, mas é o que está rolando. Mas em um inverno normal eu costuo usar... Uma blusa de algodão na primeira camada, na segunda uso uma blusa de gola de um tecido bem grosso e extremamente quente, assim como um casaco, de um um material que de preferência ajude a "cortar o vento", sim, o vento é o pior inimigo no inverno. Luva, gorro, cachecol, até polaina, aqui vale tudo!!!



Inverno Noite

Tô nem aí, tô nem aí, não vem falar dos seus problemas que eu não vou ouvir!!!  Gente eu não estou doida... Durante o dia no inverno eu me cubro dos pés a cabeca, mas na night, na night é diferente... Vocês esqueceram do fator cachaca??? Bêbado não sente fome nem frio, nem cansaco nem nada... Ah você não bebe? Eu também não bebia, aqui vc aprende!!! :-) E não fique com medo de beber demais e morrer congelada caso vc caia bêbada em algum canto, segundo uma amiga minha, circulam uns carinhas com um colete fluorescente catando o povo das ruas... Eu já vi 2 próximos aos clubes de Oslo, só não sabia que esse era o trabalho deles. Eu ainda não bebo a esse ponto. Então, um casacão, um mini vestido e meia calca e tô prontinha p/ sair!!!

E nos pés...

Indispensável no verão: Galochas de chuva, gente ano passado choveu praticamente todos os dias, sem brincadeira, eu usei MUITO as minhas galochas, mas ano que vem talvez o uso seja menor, já não vou morar tão no campo, rsrsrsrs.
Indispensável no inverno: "Sola de alpinista", eu não sei como se chama, só sei que eu amo... é um solado, com pinos que você acopla ao sapato/bota para que assim você não escorregue no gelo e leve um estabaco, como já aconteceu comigo. Você pode usar tanto botas quanto sapatos no verão e no inverno, a diferenca é que os de inverno são acolchoados por dentro p/ manter o pé aquecido e impermeabilizados, p/ evitar que a neve os destrua rapidamente.

Sandálias só no verão, basicamente não há uso p/ elas na Noruega em nenhuma outra estacão do ano.


3 de janeiro de 2012

Retrospectiva 2011 & Algumas dicas para 2012

Não posso reclamar do ano de 2011, ele passou rápido mas foi extremamente gentil comigo... Tanto na parte profissional (a sonhada promocão que eu queria no trabalho saiu em setembro), quanto na vida privada; Já mencionei que o maridon e eu compramos uma casa, e que nos mudaremos em marco deste ano? Acho que também não comentei que estou quase uma rata de academia, indo um dia sim, um dia não. Tampouco revelei que desde novembro minha alimentacão está totalmente natureba e que já perdi 3 quilos desde então??? Mas chega de informacões da minha vida privada, não quero matar vcs com essa overdose de chatisse... Eu estou realmente impressionada como a Noruega ajudou e ainda me ajuda a me desenvolver como pessoa, é a prova de que a necessidade é a mãe das invencões, e de que são as dificuldades no caminho que fazem você crescer. Eu estou me reinventando a cada dia.

Então ficam aqui algumas dicas para 2012:

1 Nunca se compare com os outros. E daí se fulano aprendeu o idioma mais rápido que vc, talvez fulano não tenha nem um décimo dos seus dotes culinaristicos, talvez quando fulano dance não tenha nem um pingo da graciosidade e do gingado que você tem, que faz todo mundo do lugar parar p/ olhar p/ vc. As pessoas são diferentes, valorize seus dons e trabalhe suas fraquezas... Quando sofria com a matemática na época da escola meu tio sempre dizia: Talvez beltrano leve 5 minutos p/ entender uma coisa você levará uma hora, mas no fim, com muita dedicacão vc chegará ao mesmo ponto. Valorize-se dê ênfase ao que você tem, não ao que você não tem.

2 Seja forte, e ganhe a admiracão e o respeito das pessoas ao seu redor. Estava conversando com uma amiga que está em meio a uma crise conjugal, e quase choramingando ela disse: - Tudo que eu quero é ser tratada como uma princesa, eu não disse com essas palavras, mas o que eu queria responder era o seguinte: Quer ser uma princesa??? Pois porte-se como uma! Minha tia disse uma frase que eu jamais vou me esquecer: As pessoas só irão pisar em você se você permitir. Não aceite ser subestimada (e caso seja, use isso ao seu favor), não deixe que os outros achem que sem eles você não é nada... Hei, Hellooooo!!! Você deve ser o centro do seu universo, nada deve ser mais importante que você, nada, nadinha, pq quando não se é feliz, é impossível fazer outras pessoas felizes. Não use dinheiro ou poder como fonte de admiracão, pq na verdade vc só atrairá parasitas. Seja mais você , mas não fique cantando de galo...tem coisa pior do que escutar alguém falando como arrasa na hora de se vestir, ou como tem um corpo lindo, ou como aprendeu a lingua norueguesa rápido e coisas do gênero???  Se isso realmente fosse verdade, outros estariam fazendo essa propraganda, não você mesma .

3 Isso eu aprendi com o Budismo: O desejo é a causa de toda a dor e de todo o sofrimento. Eu estou longe de atingir o nirvana, mas a cada vez mais cultivo o hábito do desapego. Ultimamente tenho feito  poucos planos na minha vida, e curiosamente as coisas estão simplesmente fluindo. Parando p/ pensar eu não preciso de um guarda-roupas cheio de roupas, até pq sempre acabo usando só umas duas ou três pecas favoritas. Um desejo não realizado = Frustracão.  

4 Pare de culpar outras pessoas ou lugares por sua infelicidade. Se você fizer a sua parte, você nunca será totalmente dependente economicamente ou emocionalmente de nada nem de ninguém. Construa sua fortaleza interior. A frase pode parecer um pouco cliché mas é verdade, "A Felicidade está dentro de cada um de nós". Seja uma pessoa melhor, sinta-se bem consigo.  Essa dica eu achei na internet ha um tempo atrás e abriu de certa forma  minha mente.



5 Pode ser doloroso assistir, mas deixe as pessoas queridas ou não cometerem seus próprios "erros". As vezes quando sento com as minhas amigas e tem uma novata no meio, vem a minha amiga e diz, a fulana acha que tal e tal e tal é fácil Carolina, fala p/ ela... Eu? Eu não sei de nada não beltrana... A verdade é que o que deu errado p/ umas pode dar certo p/ outras, e mesmo quando eu tenho a certeza que não vai dar certo eu fico calada, pq infelizmente algumas pessoas acham que isso é "botar areia". Então ultimamente estou praticando a arte de calar a boca, mas devo confessar que me dá um certo prazer no final aquele pensamento: "Eu sabia que não ia dar certo, não pq eu não queria que isso acontecesse, mas sim pq era uma coisa tão alienada que só cego não via que não ia dar certo.". Então aqui fica a dica... Para as veteranas: Deixem as novatas explorar a Noruega por conta própria, e cometer seus próprios erros, mas não negue ajuda se elas vierem com dúvidas. As novatas: "Respeite quem soube chegar onde a gente chegou".


FELIZ ANO NOVO!!!

E nunca se esquecam: O poder é de vocês!!!!

Palavra-chave

Follow by Email

Volta ao mundo em 80 anos :-)