1 de novembro de 2016

De quanto eu preciso para ir morar na Noruega???


Como é um dos assuntos mais requisitados no Blogg, volto a escrever sobre o assunto... Custo de vida na Noruega. Essa imagem é uma cena do meu programa predileto, Luksusfellen, que ajuda pessoas em situações econômicas deploráveis... (Além de dar dicas maravilhosas de como economizar mais um cadinho).
A Noruega é linda e maravilhosa na hora de dar crédito, mas também na hora de cobrar... Eu assisto o programa pela internet, no viafree.no, mas infelizmente todas as vezes que tentei acessá-lo do Brasil não tive sucesso, o acesso é restrito a Noruega.
Pois bem, nessa parte do programa eles fizeram um orçamento de quanto a mocinha deveria gastar por mês para manter as contas em dia. Ela tem 23 anos e mora com dois filhos (obviamente menores de idade). 
Primeiro eles estipularam o valor mínimo que ela deve ganhar mensalmente, 25 mil coroas netto (o que dá aproximadamente 10 mil reais). Desse dinheiro 9 mil coroas vão para a habitação,  ou seja, do aluguel do apartamento já com todas as contas incluídas, 4500 para comida, 2 mil para o transporte (a mãe dela paga as prestações do carro, então esse valor é só ao que se refere a gasolina), 1000 coroas para roupas, 500 coroas para a poupança e 8 mil coroas para todos os outros gastos, sendo que desses 8 mil, 5 mil são reservados para a creche das crianças.
Como a mocinha não tem emprego fixo, ela recebe uma ajuda parcial da NAV, inclusive no inicio do programa ela meio que culpa o sistema pela situação em que ela se encontra. Mas depois que a apresentadora do programa mostra a ela como a criatura gasta o rico dinheirinho, 4.800 coroas (são quase 2 mil reais), só com coca-cola, cheeseburguer, e tabaco, o discurso dela fica mais dócil. 
Resumindo, caso você venha com a família, mesmo uma pequenina, formada por 3 componentes, vcs precisam de uma renda minima de 25 mil coroas, para viver sem luxo, só com o básico. 
Bem, aqui em casa somos 3, e gastamos o dobro desse valor estipulado para a comida. Em relação a moradia, pagamos 30% a mais desse valor, mas não é aluguel, a casa é grande e está em uma cidade valorizada. Quanto ao transporte nós pagamos menos, ele usa o carro da empresa, e eu moro a menos de 10 minutos do trabalho/escola/shopping e mercados, usamos muito pouca gasolina, e o nosso seguro também é super barato, bem abaixo da média. No quesito diversos, também gastamos menos, por termos só uma criança na creche, e por não termos tempo de gastar, kkkk. Já no quesito roupas, não sei como ela consegue sobreviver só com mil coroas, já que roupas e sapatos de crianças custam tanto. OK, a mais nova herda da mais velha. Mas uma bota de inverno por exemplo custa em média 500 coroas, um macacão de inverno no mínimo 500 (isso as marcas mais baratas e de qualidade duvidosa), isso sem falar nas luvas e gorros que eles vivem perdendo... 
Assim, antes de ficarem impressionados com os salários noruegueses, pesquisem um pouco os custos de vida. Tem muita criança que deixa de ir nos aniversários dos amigos pq os pais não tem grana para comprar presentes, e isso é muito triste...Tem criança de 6 anos já voltando da escola deprimida, pq não tem roupas de marca. A relação das pessoas com dinheiro aqui, não é a mesma que a nossa, eu não sei explicar exatamente o que é, talvez alguma amiga daqui possa explicar melhor com as próprias palavras... help!!!

13 de setembro de 2016

O famoso matpakke!

O famoso matpakke nada mais é que a lancheira das crianças e a marmita dos adultos. Ticket alimentação é uma coisa inexistente em terras nórdicas, (e comer em restaurantes todo dia no horário de almoço é inviável por conta dos preços exorbitantes), em algumas grandes empresas existe a opção das cantinas, mas a imensa maioria prepara a propria comida antes de sair de casa. E quando eu digo comida, não estou me referindo a comidas quentes. 
Geralmente o "almoço" deles consiste em pão, frutas e legumes. Em geral, eles só comem uma refeição quente por dia, (feijão com arroz nem pensar, inclusive o feijão é até difícil de achar). 
A creche da minha baby fornece toda a comida, não sei se se deve a faixa etária, mas em algumas creches os pais tem de enviar o matpakke. No jornal do Coop extra da semana passada eles deram alguns exemplos de combinações, opções saudáveis de lanches para crianças em idade escolar. Eu achei legal compartir com as mamães que talvez estejam sentindo dificuldade em montar um cardápio bacana. 
Fugindo um pouquinho do assunto, gente setembro (meu mês favorito), está maravilhoso, ainda estamos saindo sem jaquetas, faz sol quase todo dia e o humor das pessoas segue lá encima, isso nunca tinha acontecido antes, tanto calor por tanto tempo !!! <3 <3 <3
Para ir para a pagina do mercado clique Aqui

28 de agosto de 2016

Roupa para o Barnehage (creche) na Noruega

Vida de mãe não é fácil, em terras estrangeiras então... Mas vou dar umas dicas sobre as vestimentas adotadas nas creches daqui. É claro que, as coisas que pedem de uma creche para a outra podem variar, mas, como regra geral, o que eles pedem é mais ou menos o que a revista Glade barn i barnehagen edição 02/16 recomenda:

Inverno: 

Dois pares de luvas grossas
Dois pares de gorros grossos
Dois cachecóis (não são exatamente cachecóis, mas sāo pecas feitas para crianças para a proteção do pescoço).
Um macacão de inverno, procure pelo nome parkdress
Sapato/ bota de inverno (vinterstøvler)
Roupas de lã e poliester
Para os pequenos: Saco de inverno de dormir e coberta de lã

Primavera:

  • Gorros e luvas leves
  • Algumas roupas de verão
  • Roupas de lã
  • Um macacão leve
  • Tênis
  • Saco de dormir e coberta para os menores


Verão:

  • Bermudas
  • Blusas
  • Roupa de banho
  • Vestidos
  • Chapéu e protetor solar (na creche da minha baby também pediram óculos escuros)
  • Jaqueta que protege contra o vento
  • Sandalias (minha filha só usa a sandália dentro da creche)
  • Tênis
  • Uma coberta fina para os menores
  • Botas de chuva (gummistøvler)*


Outono:

  • Gorros e luvas finas
  • Roupa de lã
  • Macacão leve
  • Tênis que repelem água
  • Saco de dormir e coberta de lã para os menores
  • Cherrox (botas de chuva, mas que são acolchoadas por dentro).*



*O que esta sublinhado são coisas que não estão na revista, mas que a creche da minha filhota pediu.

Então meus queridos... A vantagem de já se saber o que é necessário para a creche, é comprar tudo com antecedência, no ano anterior com 50 e 70% de desconto. Pq quem deixa pra comprar tudo em cima da hora compra coisas de baixa qualidade e pelo dobro do preço. Os sapatos, botas, as roupas de lã e os macacões por exemplo, não podem ser vagabundos, é a saúde dos nossos pequenos em jogo!

20 de agosto de 2016

8 anos de Noruega, o que mudou?

Esse é um post que eu deveria ter escrito há séculos. O que mudou nos últimos anos em que passei a viver na Noruega? Bem meu povo a maior mudança foi a diminuição do meu nível de ignorância. As vezes me pego lendo um dos meus posts antigos e me acabo de rir de tanta asneira. Apagá-los? Jamais! Fazem parte da minha historia nas terras nórdicas.
 Alguns exemplos? Vamos que vamos. Quantidade de banhos? Fui xingada e execrada pq escrevi que os vikings não eram muito chegados e depois da maternidade sabe o que descobri? É a recomendação medica, totalmente explicável dentro do contexto daqui, os bebês quando nascem só podem tomar de 1 a dois banhos por semana. Os aquecedores acabam com a pele dos adultos, a dos bebês então nem se fala, essa capa de gordura é essencial para a proteção da pele. E você amiga/o, que chegou com os hábitos brazucas de tomar banho uma ou varias vezes por dia, e do nada começou a se cocar como um cão sarnento, podes crer que é por excesso de banho! É a pele pedindo socorro! Nem hidratante salva! 
Outra coisa que eu implicava muito com os noruegueses, a alimentação... Achava que era desleixo e/ou preguiça eles comerem pão praticamente o dia inteiro, e ai, recentemente eu estava fazendo buscas sobre a alimentação dos noruegueses (pq minha filha come muito pouco), e pra minha surpresa, a recomendação no site do ministério da saúde daqui é: Porções de pão integral ou cereais 3x ao dia, intercalando com frutas e legumes e apenas uma refeição quente por dia, e o que é servido como comida quente nas creches daqui? Salsichas, nuggets, batata frita, panquecas e coisas do gênero. Para brasileiros que estão acostumados a feijão e arroz todo os dias é um pouco chocante, mas gente, quem somos nós pra julgar o povo com a maior expectativa de vida do planeta? 
Essas coisas a gente vai aprendendo com os anos, observando, lendo, se informando... Tudo tem um porquê, mas quando fincamos os pés em antigos hábitos, fica difícil enxergar as coisas por uma outra perspectiva. 
Aos que estão chegando, é permitido esbravejar, xingar, praguejar, mas a adaptação será muito mais fácil, rápida e indolor se vocês tentarem compreender o por quê das coisas. 

18 de maio de 2016

Eu perco o passaporte brasileiro quando ganho o norueguês?

Bom dia, boa tarde, boa noite! 
Pra vocês que tem dúvida, se é possível permanecer com o passaporte/cidadania brasileira, mesmo tirando o passaporte/cidadania norueguesa, a resposta é: sim, sim e sim! Eu recebi a cidadania e fui fazer o passaporte norueguês esse mês (maio/2016), e não tive que abrir mão do passaporte brasileiro para receber o norueguês. A carta que recebi deixou uma dúvida pairando no ar, pois em um trecho dizia que eu tinha que levar o passaporte para cancelar possíveis vistos presentes nele, mas por outro lado eles diziam algo sobre "entregar os documentos de viagem", para minha alegria eles estavam se referindo tão somente ao "oppholdstillatelse", o cartão que comprova que você tem a permissão de residência. No caso do Brasil eles fazem uma exceção, já que o cidadão brasileiro não pode ser obrigado a perder a sua cidadania. Então, é claro que as regras aqui mudam o tempo todo, mas, até o presente momento, é isso o que está valendo. Só não recebi nenhuma informação de quando será a cerimônia simbólica (não obrigatória), pelo que pesquisei ela costuma acontecer duas vezes ao ano em abril e novembro, espero receber alguma carta ou algo assim... Eu perdi muito tempo pra tirar a minha cidadania, pq uns diziam que eu perderia a brasileira e outros diziam que não, agora vcs já sabem!  Bjks e inté! 

20 de março de 2016

Quanto ganha um norueguês por mês (em média) e com o que ele gasta?

Pra quem possa interessar...
Um norueguês ganha em média 500 mil coroas (bruto) por ano (o que me deixa um pouco deprimida, pois o meu salário está bem abaixo da média, kkkk), lembrando que o imposto de renda costuma comer em média 36% desse valor. 
E como eles gastam a bufunfa? Traduzindo:

1- Comida e bebidas não alcoólicas: 11,8%
2- Bebidas alcoólicas e tabaco: 2,7%
3- Roupas e sapatos: 5,4%
4- Casa, energia elétrica e combustíveis: 31,2%
5- Móveis e artigos de casa: 5,6%
6- Cuidados com a saúde: 2,6%
7- Transporte: 18,7%
8- Correios e serviços telefônicos (acho eu): 1,9%
9- Cultura e lazer (aqui estão incluídas as viagens): 10%
10- Educação: 0,2%
11- Restaurantes e serviços hoteleiros: 6,2%
12- Outros produtos e serviços: 6,2%

Duas coisas me surpreenderam, a primeira é que os noruegueses gastam mais com álcool e tabaco do que com a saúde (o governo custeia uma parte das suas visitas ao médico, mas você paga uma parte, e também paga pelos remédios, a não ser que seja uma doença crônica), e a segunda é que só 0,2% é usado para os estudos... Claro, os colégios são grátis, mas e os cursos extras de idioma, os empréstimos estudantis? Nada, nada?.
Fonte: Central de estatísticas norueguesa ssb.no

14 de março de 2016

Emprego na Noruega...

A pergunta mais comum... Tenho cidadania europeia, falo inglês fluentemente, quais são as minhas chances de conseguir um emprego na Noruega? Olha meu povo, a maré momentaneamente não está para peixe, nem para os nativos... 
A taxa de desemprego só faz crescer devido à crise do petróleo, engenheiros e técnicos dessa área foram os primeiros a perder o emprego, e segundo eles está difícil até de conseguir emprego como caixa de mercado. O jornal VG publicou uma reportagem no dia 5/02/16 com um rapaz chamado Thomás, que era dessa área petrolífera e perdeu o emprego há dois anos, e nesse meio tempo já mandou mais de mil currículos sem êxito. Ele descreve a vida sem emprego como um inferno, (realmente gente, eu não sei explicar o motivo, mas ficar em casa aqui na Noruega vai enlouquecendo a gente aos poucos). Claro que algumas regiões estão sentindo o impacto da crise mais forte que outras. Eu achei um site interessante, que aborda a questão do desemprego entre os estrangeiros em todo o país:

https://www.ssb.no/en/arbeid-og-lonn/statistikker/innvarbl/kvartal/2016-02-11

A minha região ainda não foi muito afetada pela crise, mas o marido diz que a tendência é que haja o efeito dominó, e que ela chegue aqui em breve. Até brincou dizendo que eu teria de aprender sueco, pois teríamos que nos mudar. Brincadeiras à parte, moro aqui há 8 anos e ano passado foi a primeira vez que a coroa sueca superou o valor da coroa norueguesa, não vou nem falar no dólar e no euro...

Palavra-chave

Follow by Email

Volta ao mundo em 80 anos :-)