30 de maio de 2011

Sera que vai chover?

Site norueguês p/ ver a previsao do tempo:

http://www.yr.no/

Mamae, quando crescer quero ser metereologista! Para dar sempre a previsao do tempo errada e ainda assim nunca perder o meu emprego!.

Agora uma piadinha da Boa:

Em um bairro de classe média de Pintamonhangaba, haviam três vizinhas que sempre penduravam as roupas no mesmo varal, nos fundos de suas casas: Sofia, Sotia e Somãe.


Todas as vezes que chovia, Sofia e Sotia tinham que correr para pegar as roupas e, mesmo assim, elas já estavam completamente ensopadas.

- Assim não dá! - resmungou Sofia para Sotia, certa vez.

- Como será que a Somãe faz pra saber quando vai chover? Ela nunca põe as roupas pra secar quando chove!

- Eu estou ouvindo tudo! - advertiu Somãe, saindo de sua casa.

- Vocês querem mesmo saber como faço pra saber quando vai chover? Pois eu vou contar!

- Eu e meu marido dormimos completamente nus e, assim que eu acordo, olho pro pênis dele. Se estiver pro lado esquerdo, não vai chover! Então eu estendo as roupas tranqüilamente.

- Agora, se o danado estiver pro lado direito, é chuva na certa! Aí eu deixo pra estender as roupas no dia seguinte!

- Tá brincaaaaaando! - exclamou Sofia, de boca aberta - Mas espera um pouco! E se o pinto dele estiver pra cima?

- Ah... E vocês acham que eu vou lavar roupa num dia desses?

29 de maio de 2011

O que fazer na Noruega???

E muito facil ficar entendiada por essas bandas, principalmente quando nao se tem um trabalho. Eu tenho um trabalho, mas assim como eu posso trabalhar 120% em um mês, pode ser que eu trabalhe so 20% no mes seguinte. Mas em media eu trabalho 60%. O que fazer com os outros 40%? Vou fazer uma listinha p/ nao esquecer, o que se pode fazer na Noruega, (pelo menos no verao).


Bingo. Jantar em um restaurante asiatico, Indiano, ou Italiano.  .Festinhas particulares. . Fazer um Picnic nos Parques.Ir para a academia.  Cuidar do cachorro.Churrasco Jogar Video Game. Caminhar. Viajar.  Sair com os amigos.Estudar.Jogar cartas. Abrir um blog p/ contar para os outros as suas experiências. ShoppingTomar uma taca de vinho com o maridao, de preferência com uns queijos bem gostosos. Ler. Andar de bicicleta. Ir para a Casa de Praia da sogra. Cinema. Ir p/ cozinha tentar fazer algo novo. Brincar com o gato. Dar uma voltinha em Oslo. Namorar. Fazer um trabalho voluntario. Procurar por emprego. Ver tv. Tirar fotos de voce e de suas amigas. Fazer aquela arrumacao no guarda roupa que você esta adiando por mais de um ano.Ir ao  SPA, pelo menos uma vez ao ano, pq vc merece.Sexo. "Facebookear". Decorar a casa.Criar um hobby. Ir ao solarium. Visitar a familia do marido. receber os amigos em casa. Ioga. Ir a um show ou festival. Jogar Boliche. Andar de Kart. Fazer um passeio de Barco. Visitar um museu.

E se você acha que ainda assim você continua entediada, faca um filho!


kkk, brincadeiras a parte, digam ai meninas, o que vocês costumam fazer com o tempo livre de vocês na Noruega???

27 de maio de 2011

Vamos dar uma equilibrada???

As dez coisas que eu mais amo na Noruega e as dez coisas que eu mais odeio.

Amo demais:

1. Meu marido
2. Patinar no Gelo
3. Meu salario :-)
4. As mudancas de estacao. (Sao lindas!)
5. Seguranca
6. A estabilidade que o estado da. (1 ano de licenca maternidade, nao tem preco!).
7. Tecnologia de facil acesso.
8. Estar localizada dentro da Europa.
9. Viver em uma das cidades mais caras do mundo (Quando a gente viaja, tem a sensacao que tudo e muito baratinho, e e verdade).
10. Fårikål

O que mais odeio:

1. Falta de opcao de lazer
2. O clima
3. A Comida
4. Os Medicos
5. A frieza das pessoas
6. A Dificuldade de aprender o idioma (por mais que eu me dedique... e dificil)
7. Meu marido dizendo: "Ut på tur, aldri sur" ou "Du trenger frisk luft" - quando estou triste.
8. Viver longe da familia e dos amigos (mas isso nao e bem culpa da Noruega... mas ela tinha que ficar tao longe???).
9. O sistema de educacao. Esta mais do que na hora dos professores se reciclarem! Todos eles!
10. Pagar 36% do meu salario de skatt (imposto) :-(

E por ai vai...
Como todo pais, existem os pontos positivos e negativos de se morar aqui.

26 de maio de 2011

Suicidio na Noruega

Tem muita gente que fala que e lenda, mas ca p/ nos... eu nao concordo nao... No Brasil o unico caso de suicidio mais proximo que eu ouvi falar foi do pai de uma amiga minha, isso quando eu tinha uns 12 anos. Mas isso parecia tao longe, um caso unico no meu mundinho... Eu NUNCA parei p/ pensar nisso. Mas tenho  três anos de Noruega e ja ouvi TANTOS casos... Minha sogra perdeu um primo, o marido de uma das minhas amigas perdeu o melhor amigo, que inclusive foi testemunha do casamento deles, agora recentemente uma das minhas amigas perdeu o irmao. Nao sei o segundo, mas os outros dois eram usuarios de drogas, o primeiro passo p/ o fim.

Ai eu resolvi pesquisar...


Fonte: http://www.ssb.no/english/subjects/00/minifakta_en/po/main_03.html


                   Site do instituto Nacional de Estatistica: http://www.ssb.no/aarbok/tab/tab-121.html

Vejamos o que diz a wikipedia:

"Hvert år har ca. dobbelt så mange mennesker tatt livet av seg som antallet som dør i trafikken i Norge".

A cada ano o numero de mortes por suicidio e quase o dobro do numero de mortos em acidentes de trânsito na Noruega.


Chocada em saber que o numero de gente que opta por morrer e infinitamente maior do que os que morrem por escolha de outros.

O que poderia explicar isso??? A sociedade em si e muito individualista... meu problema e meu problema, seu problema e seu problema. Boa sorte! E isso vem um pouco de base...

Aqui um trecho do texto do Sergio Luis, que eu acho que explica muito... (Mesmo ele tendo focado outro assunto, acho que acertou em cheio no ponto que quero chegar).

"O que não há muito, são pais comprometidos de fato com a educação de seus filhos. Que se disponham não a conversar sobre sexo, mas a conversar… sobre qualquer coisa. A jogarem video-game com eles, a levarem pra jogar bola, a brincarem de bonecas, e a ensinarem a varrer o chão, lavar a louça, fazer comida. Parece haver uma letargia, mas acho que a questão é pior. A mim parece (e isso é meramente opnativo) que os pais tem medo de educar, de ensinar, de impor limites e exercer alguma autoridade, sob o pretexto de estarem sendo “rígidos demais” ou de “não permitir que os filhos façam as próprias escolhas”. Bullshit!!! Os filhos nunca saberão fazer escolhas se não lhes for ensinado. E digo mais, eles estão sendo ensinados, mas não pelos pais. No fim, os pais apenas se omitem, mas as crianças continuam sendo ensinadas".

Fonte: http://slsnake.wordpress.com/2007/09/30/criancas-e-sexo-na-noruega/

E fechando com chave de ouro, uma frase que eu recebi por email:

"A mãe (ou o pai ! ) que leva o filho para a igreja, não vai buscá-lo na cadeia..."

P/ bom entendedor, pingo e letra!

Infelizmente eu tambem gostaria que ele tivesse ligado novamente, ou que ela tivesse mais tempo p/ ouvi-lo. Um minuto de atencao poderia ter salvo uma vida... Ou pelo menos retardado a partida. Lamentavel...
Hildegunn Hamrebø Årnes er gått bort


Den driftige lederen av Bodøavdelingen gikk bort rett før seminaret

Kjære Hildegunn


Mandag den 18. oktober, tidlig på morran, fikk jeg beskjed om at du var død. Jeg kunne ikke tro det var sant. Jeg fikk ikke vite da hva som hadde skjedd, men jeg fryktet jo med det samme for at du kunne ha tatt ditt eget liv.

Du ringte meg på søndags formiddag og sa at du sleit. Du sa ofte det. Jeg hørte ingen ting i stemmen din som fortalte at ting var verre enn vanlig, og jeg svarte at jeg ikke kunne komme. Jeg ba deg bruke menneskene rundt deg, jeg ba deg snakke med de ansatte i Vebjørn Tandbergs vei. Jeg skulle ønske at du hadde ringt meg opp igjen senere på dagen, da alt ble for mye.

Du var så åpen Hildegunn, og du var så flink til å be om hjelp. Du sa flere ganger til meg at du var redd for at du kunne komme til å ta ditt eget liv i fortvilelse til slutt, at du var redd for at du ville ende ditt liv på denne måten. Jeg vet at du ikke ønsket å dø. Du hadde så mange planer, og du snakket hele tiden om fremtida. På tirsdag i neste uke skulle du ha hatt æren av å ønske velkommen til fagdagen vår om psykisk helse, det var noe du så frem til og en oppgave jeg vet du ville taklet med glans. Jeg har sett deg tale i forsamlinger. Du var så direkte, så sterk og klar i din kommunikasjon. Jeg vet at du ville ha vært stolt Hildegunn, både av deg selv og av foreningens arbeid. Vi som er igjen skal gjøre vårt ytterste for at fagdagen skal bli en suksess, og vi vil minnes deg på tirsdag. Uten deg hadde ikke foreningen WSO Bodø eksistert. Tusen takk Hildegunn, for at du tok initiativet og startet opp WSO i Bodø. Ditt arbeid hjelper mange mennesker som sliter psykisk, og du hjalp også meg ut av apati, maktesløshet og ensomhet.

Vi traff hverandre i 2006, på A-posten. Vi hadde kontakt en liten periode etter det, men det var først da du høsten 2009 stod frem i avisa som initiativtager til en lokal forening som skulle jobbe mot tvang i psykiatrien, at vi ble virkelig gode venner. Det siste halve året treftes vi som oftest to ganger i uka. Hver tirsdag serverte vi kaffe og vafler på Batteriet. Nesten hver uke kjørte vi tur i lag også. Du hadde ikke bil og fortalte meg ofte at du satte sånn pris på de turene. Det gjorde jeg også, det vet du. Det ble mange turer til Nordsida til å begynne med, vi kjørte helt til fergeleiet. Etter hvert begynte vi å kjøre til Saltstraumen isteden, der stoppet vi på hotellet og tok en kopp kaffe og så ut over havet.

Det var på tur til Saltstraumen at jeg så deg for aller siste gang, kvelden før du døde. Du fortalte gledesstrålende at du hadde to unger! Og så lo du godt av mitt forbausede uttrykk. Du hadde nettopp tegnet deg som fadder til to barn via SOS barnebyer.

Du ønsket alltid å hjelpe andre Hildegunn, og det kommer jeg aldri til å glemme. På tross av dine egne problemer hadde du hele tiden stor omtanke for andre, og du var et handlingens menneske. Du hadde en stor kraft i deg.

På en kunstutstilling for kort tid tilbake så jeg noen arbeider du hadde laget. Jeg fortalte deg det ikke, men jeg begynte å gråte da jeg så ditt røde hjerte vevd inn i en sort ramme. Det var et godt portrett av deg Hildegunn, slik jeg så deg. Et varmt, bankende hjerte omgitt av et mørke du ikke kunne beseire. Du levde i det mørket Hildegunn, og jeg beundrer deg for at du holdt ut så lenge.

Jeg finner en slags trøst i at du nå slipper den daglige kampen mot de vonde tankene som stadig hjemsøkte deg.
Tusen, tusen takk for ditt vennskap. Jeg skal huske deg med stolthet og glede over det flotte mennesket du var.

Hvil i fred Hildegunn!

Britt



Tema meio sinistro :-( P/ combinar com o tempo chuvoso de hoje :-)

23 de maio de 2011

Religiao na Noruega!

Religiao, futebol e politica nao se discutem... Desde ja vou logo avisando que eu nao estou aqui p/ afrontar ou ofender ninguem... Estarei so relatando fatos... 
A maioria dos noruegueses se intitula protestante, mas daquele tipo "nao praticante" (se e que isso existe). Eu nao vejo muita movimentacao nesse sentido nao... acho que so uns 10% deve realmente "praticar" a religiao, nenhum dos noruegueses do meu circulo social frequenta a igreja. Mas eu tambem nao posso falar muito sobre isso, nao tenho muito "conhecimento de causa". Entao vamos pular p/ outra religiao, a catolica. As minhas bases sao catolicas, ainda me lembro de minha mae dizendo: se voce for a missa comigo eu te compro um pastel na hora da saida, e la ia eu ouvir o padre por uma hora, pensando no pastel de queijo. Fiz ate a primeira comunhao. E como na podia deixar de ser, tambem me casei na igreja catolica. Tudo mais por tradicao do que pela religiao. Pois bem... o primeiro padre com que falei na noruega realizava suas missas em um quadra de um colegio. Ele estava feliz pq finalmente iria sair a verba p/ construirem uma igreja catolica, e tudo gracas aos poloneses, que aumentaram significativamente o numero de fieis da "quadra de esportes"(Acho que foi isso que ele disse, o cara era irlandes, nao dava p/ entender quase nada). Infelizmente ele disse nao ter estrutura p/ realizar meu casamento. Mas seria legal casar no meio de um jogo de basquete..kkkk. Pois bem, fui ate a igreja em Lillestrøm, o padre era do Sri lanka, la so frequentavam poloneses e asiaticos (eu nao sabia que a religiao catolica tinha tantos adeptos nas Filipinas, Vietnã e outros paises asiaticos). Ali eu consegui me casar.
Outra religiao que esta em franco crescimento na noruega e o islamismo, a religiao dos muculmanos. Nao, os noruegueses nao estao se convertendo, mas e que muitos muculmanos estao vindo para a Noruega. Eu particularmente vi mais mulheres de Hijab ou burca na Noruega do que na Turquia, que e um pais muculmano (alias, nao vi nenhuma mulher de burca na Turquia, pelo menos nao na cidade de Izmir, onde fiquei por 15 dias). A Noruega tem outras religioes e seitas que fazem parte parte da minoria. Mesmo sendo minoria as testemunhas de Jeova conseguiram me achar... E me encontraram em um periodo em que eu estava muito mal, por isso, as deixei entrar, e decidi ouvir o que eles tinham a me dizer (eu gosto de ler sobre religioes em geral). Mas se tem uma coisa que eu sempre odiei na vida e tentar ser convertida... fiquei tao feliz de saber que criaram uma lei no Rio de Janeiro que impede as pessoas de pregarem no trem. Cada um tem que saber respeitar o espaco de cada um. Minha curiosidade sobre as testemunhas de Jeova acabou quando recebi a seguinte cartinha: *Destaque para a parte que eu marquei com rosa*

Se o mundo vai acabar daqui a pouco, a ultima coisa que vou fazer e sentar e estudar... (Eu sou uma boa pessoa, e nao ha religiao ou seita no mundo que me convenca do contrario!)


Uma amiga minha que e filha de norueguesa, mas cresceu no Brasil, participou de uma seita sinistra por causa da mae... se ela quiser relatar a historia dela, vou postar aqui. A coisa e doida, mas e verdade... vi inclusive um comentario na tv, de uma seita parecida.

18 de maio de 2011

Trabalho na Noruega

Como conseguir um...

Na Noruega ha basicamente três formas de se conseguir um trabalho...

A primeira, mas menos provavel - Anuncios em jornais e internet. Pode parecer dificil, mas nao impossivel. Eu tenho uma amiga brasileira que conseguiu por duas vezes emprego respondendo a anuncios.

A segunda,que se nao tivesse acontecido comigo eu nao acreditaria  - Bater de porta em porta, algumas pessoas ja tinham me dito isso mas eu nao acreditei, ate que aconteceu comigo...

A terceira, a mais garantida- QI, Indicacao e tudo, seja aqui ou no Brasil.


Passando da primeira etapa vem a segunda, o trabalho em si. Noruegues trabalha muito, MUITO mesmo. Quer dizer, eles estao sempre sobrecarregados, SEMPRE. Aqui eles pagam a uma pessoa p/ fazer o trabalho de duas ou 3. Deve ser por isso que os noruegueses estao sempre doentes... Se voce tem uma carreira de sucesso no Brasil, anos na mesma empresa e ganha consideravelmente bem, pense bem antes de largar tudo pelo seu grande amor. O pior nao e trabalhar p/ cassete, o pior e ter que fazer muito uma coisa que você nao gosta. Lembrando que quase todo mundo comeca na faxina... Nao importa o quao bem sucedida vc era, ou se voce fala ingles, espanhol, italiano e frances fluentemente obviamente que ajuda, mas na Noruega vc vai ser analfabet(o)a, aprender tudo bem do comecinho. Eu ja chorei pq eu nao conseguia ler a bula de um remedio, nao, a dor nao era tanta, podia esperar, mas foi nesse dia que eu me dei conta de que eu nao passava de uma analfabeta, agora sou uma semi-analfabeta. Eu fico pensando nessas meninas que nao falam nadica de ingles ou o basico do noruegues... nao podem nem se dar o luxo de se perder, pq nao vao poder pedir informacao ah deixa p/ la, noruegues nao sabe dar informacao de nada mesmo. Ah sim, e aqui as mulheres so se aposentam com 67 anos, nao com 60 como no Brasil, vc pode ate se aposentar antes, mas vai ser tipo com a menor pensao que um infeliz pode ter...



Espero que minha vizinha nao me processe... Ela polindo ou lixando a varanda... eu nao me imagino fazendo isso aos 70
 Um pequeno retrospecto sobre minha vida profissional na Noruega:

Eu comecei como quase todo mundo comeca, na faxina. Trabalhei fazendo a limpeza da firma do meu sogro, duas vezes por mês, eu nao aguentava mais esperar pelo visto, e pensei, pq nao??? Uma graninha extra sempre cai bem...
Depois uma amiga minha me indicou para trabalhar como professora em um cursinho de portugues para estrangeiros e ai eu tive meu primeiro contrato de trabalho. A experiencia foi muito doida, eu tinha um pouco mais de um ano na Noruega e o meu norueguês era bem do tipo "Tabajara", mas no final tudo deu certo (melhor do que eu imaginava), infelizmente a procura pela lingua portuguesa nao e tao grande :-(
Depois entrei em um cursinho organizado pela NAV, em que eramos todos tratados como "aproveitadores do sistema", mas foi atraves da tecnica deles vao gastar sola de sapato p/ conseguir emprego cambada de vagabundos, ' que eu consegui trabalhar em uma escola aqui perto de casa como professora de espanhol substituta, sim, bati na porta, na cara de pau, e consegui o trampo. Quando abriu uma vaga de professora permanente a dondoca estava na Turquia... O diretor me ligou e disse: Sua infeliz pq vc nao se candidatou a vaga??? Eu tinha e tenho minhas razoes, mas acabei mentindo dizendo que eu nao tinha visto o anuncio. Mas a verdade e que os "anjinhos" me adoraram e parece que colocaram uma pilha p/ fazer a outra professora vazar (fiquei sabendo disso pq a minha professora do curso de noruegues era mae de uma das "anjinhas", e parece que a anjinha nao parava de falar de mim e foi essa professora que inclusive me disse que a vaga estava aberta). Eu geralmente sou uma pessoa que nao da ponto sem no, aquela nao era a hora de eu assumir a vaga, e hoje vejo que fiz a coisa certa.
Pois bem, logo depois disso recebi uma proposta do meu amigo, meu "padrinho" p/ trabalhar no aeroporto. Claro que no inicio me bateu aquela inseguranca, e se eu nao entender o que eles estao falando, e se eu fizer algo errado, e se... Fui na cara e na coragem fazer a entrevista e consegui uma vaga p/ trabalhar em um kiosk de "especiarias" norueguesas no aeroporto, so 20% de vaga no meu "aquario" + extra em um restaurante, mas fiquei tao feliz! No inicio achei que iria enlouquecer, eu procurava freneticamente entender o noruegues (com dialeto), da dama que estava me passando o servico, assim como os produtos que eu vendia (coracao de alce, hein?), o servico de caixa, e mais o que os clientes diziam (os suecos falam o sueco, e os dinarmaqueses o dinamarques, e os dois acham que eu tenho a obrigacao de entende-los, as vezes rola, mas as vezes... so JESUS!).
Ate ai tudo bem, depois veio o restaurante e o bicho pegou... Nao querendo assustar ninguem, mas eu tive uma leve hemorragia por uma semana assim que eu comecei a trabalhar no restaurante (e isso nunca aconteceu comigo antes).... O ritmo la e frenetico. As vezes pode acontecer de nao termos pausa p/ comer e termos que segurar durante MUITO tempo a vontade de ir ao banheiro, mas...e muito raro.
O engracado e que quando voce esta desempregado e dificil pintar alguma coisa, mas quando vc esta trabalhando... pinta um monte de coisa... alem do trabalho no kiosk e no restaurante, eu fui contratada pela empresa que faz a limpeza (mais uma vez por indicacao de uma amiga que trabalha la) de todo o aeroporto (precisava levantar uma grana p/ ir ao Brasil em janeiro e acabei assim "ficando", o pessoal da limpeza recebe mais que o pessoal da seguranca e os que trabalham em loja). Mas em uma dessas limpezas veio um seguranca do aeroporto falar comigo, perguntou se eu nao queria trabalhar no check-in da Norwegian, pq eles estao sempre precisando de gente... Isso parece o emprego dos sonhos ne??? Mas eu  recusei, eu ja vi a escala de trabalho deles... Deus me livre ter que comecar as 3 ou 4 da manha, 3 vezes na semana... No way! Ja reclamo p/ cassete de ter que comecar as 05:30 da manha... imagina as 3... acho que a pessoa nem dorme :-(

Bom, agora e epoca de tentar juntar dinheiro e decidir no que eu quero trabalhar a longo prazo, ainda tenho planos de estudar, talvez me especializar em algo, mas enquanto nao sei, vou levando meus "trabalhinhos" muito a serio, pq na maioria das vezes, experiencia e boas referencias sao infinitamente mais importantes p/ os noruegueses que a sua formacao.

Palavra-chave

Follow by Email

Volta ao mundo em 80 anos :-)