27 de abril de 2011

Homens noruegueses - sob o meu ponto de vista...

Desde ja me perdoem pela generalização que farei aqui...

Finanças- Assim como no Brasil, ha aqueles noruegueses bem sucedidos e os que vendem o cafe-da-manha para comprar a janta. A diferenca e que os ferrados aqui säo a minoria. Assim como você pode chegar aqui e ganhar uma mesada todo mês, você tb podera ter que sair de casa correndo pq o seu marido nao pagou o imposto, e estao indo recolher algum bem da sua casa, para pagar a divida. De qualquer forma, os noruegueses em geral säo muito ligados a dinheiro, você senta em uma mesa e eles comecam a conversar sobre o que venderam, compraram, investiram, quanto custou isso ou aquilo. Pode acontecer, mas acho que dificilmente um norueguês nao forcara uma barra para que você trabalhe (e acredite em mim, trabalho e uma valvula de escape para que você nao enlouqueca nessas bandas). Se você pensa em vir pra ca e virar dondoca pq ele gastou rios de dinheiro com você no Brasil, cuidado, você pode acabar tendo que ordenhar ovelhas. (Todos os fazendeiros sao noruegueses, nunca vi estrangeiro montado em um trator). Eu conheci um norueguês que deixou de se casar com uma brasileira pq descobriu que se casasse com uma estrangeira ele perderia automaticamente o posto que ele atualmente tem no trabalho (que e de alta seguranca) e por isso ganharia menos. E me disse isso com uma naturalidade que so vendo... Se quer saber minha opiniao, isso me da nojo! Mais um caso em que o dinheiro usa o homem e näo o contrario...

Vida sexual- Se o sol tem uma forte participacao no libido sexual das pessoas em geral, pode imaginar o que nao se passa com a uniao de uma brasileira recem-chegada e um norueguês. Por sorte depois de pouco tempo você acaba ficando como eles. Ah sim, os mais atleticos o que se alimentam de forma mais natural costumam ser mais ativos.

Higiene- Eu näo sei dizer se a nossa e melhor ou pior, so sei dizer que e BEM diferente. A maioria mistura tudo na maquina de lavar, pano de chao com toalha de banho, pano de prato com calcinha e cueca... Banho tb nao e diario (alguns o fazem), lavam a cabeca uma vez por semana... A mäo que eles brincam com os cachorros e a mesma que comem, sem dar uma lavadinha antes, pq claro, o cachorro e uma membro da familia. Eu ja vi e ouvi muita coisa, nao que as pessoas nao facam no Brasil, mas no Brasil elas tem pelo menos vergonha de contar, mas aqui tudo e normal :-)

Amor - Os norueguêses quando amam, amam de verdade. Se o seu nao faz tudo por vc, abra seu olho, ele pode estar com você por outras razoes... Você abriu mao de tudo pra ficar com ele, familia, amigos, trabalho, pais, sol, boa energia... TUDO. Se ele nao tem a sensibilidade de tentar fazer a sua vida o mais confortavel possivel, tem alguma coisa errada. Canso de ouvir todos os dias as meninas justificando as vaciladas dos maridos, se vc nao protestar eles vao se acostumar, e no final você estara tendo que viver em um pais estranho, com uma lingua estranha e tendo que correr atras de absolutamente tudo por si so. Eu sou a favor de ser independente, mas tudo tem um limite.

Familia- Meu marido teve uma criacao diferente, minha sogra foi dona de casa durante todo o peridodo de infancia do meu marido e da irma dele. Hoje meu marido esta sempre em contato com os pais, e isso e uma raridade por aqui, ate pq desde pequenos as criancas em geral sao educadas para serem completamente independentes, isso reflete depois na fase adulta. Os homens em geral costumam ser bons pais para os bebes, ficam com os bebes enquanto as mulheres viajam, levam os pequenos p/ passear, trocam fraldas... (Eu so nao sei se isso e voluntario ou imposto pelas norueguesas).

Servicos domesticos- Os homens noruegueses costumam ajudar muito em casa, geralmente o trabalho e dividido meio a meio, inclusive quando se trata de cuidar dos filhos (infelizmente, por minha sogra ter sido dona de casa por muito tempo, meu maridinho acabou se tornando um "brasileiro nato", ate pq minha sogra e aquele tipo de mulher que faz TUDO sozinha um milagre aqui por essas bandas).


21 comentários:

Sheyna disse...

Olá, achei seu blog por acaso e adorei a forma que vc aborda o cotidiano.
Sou casada com um norueguês a um ano e 3 meses,meu visnto ainda não saiu por que deu um prol e devido a isso n posso fazer muita coisa, estava estudando em casa, mas me stressei por muitas vezes n entender...enfim
Adorei o post.
bjus,
sheyna

Daniela Pedrinha disse...

Adorei o post, enviei para duas amigas. Se não servir de alerta, serve para elas darem boas risadas.

É bem isso que vc falou, eu tive sorte! Ainda bem :)

Mah disse...

Muito legal a abordagem do perfil do homem norueguês por segmentos, Carolina. Nada melhor do a visão de quem convive há um certo tempo pra saber a "real", misturada com uma pitada de bom humor. Bjs.

Carolina Krogedal disse...

Sheyna, pense pelo lado positivo, você ja esta casada e agora e so questao de tempo para receber o visto... Tenho uma amiga que ja esta aqui ha dois anos e três meses SEM CASAR, acredite se puder... nao sei como a policia norueguesa nao criou caso, pq eles botam todo mundo pra fora por qualquer motivo...
Uma das coisas que faz com que o meu marido se sinta mal ate hoje e o fato de eu nao ter ido pro curso de noruegues nesses 5 meses que esperei pelo visto (ele nao quis pagar, por algo que eu teria de graca, ele nao sabia que iria demorar tanto...). Toda vez jogo uma indireta... tipo... eu poderia ter conseguido emprego ha muito mais tempo se eu tivesse aprendido a lingua... agora falo so pra torturar, rsrsrsrsrs, ja passou a magoa.
Eu ouvi um boato (depois de eu ter esperado tanto pra comecar) sobre um advogado que nao pagou pelo curso de norueguês da esposa enquanto ela esperava pelo visto... disse que ela tinha direito pq ela ja estava casada com ele, que e noruegues, nao sei se e verdade...
Dani, eu nao dei sorte com os "afazeres domesticos", mas ele tb nao deu... rsrsrsrs. Eu criada por empregada e ele pela "mae faz tudo", pode imaginar a zona que fica aqui de vez em quando...Eu brinco com o meu marido que qualquer dia a gente vai ter que chamar a S.W.A.T. p/ resgatar a gente... E essa maldita poeira de uma semana que parece de um mês... affffsssss... So Jesus na minha vida!

Carolina Krogedal disse...

Mah, eu nao sei se e a real, mas e a minha experiencia... Tem menina que pode vir aqui e dizer que noruegues falido*(pra nao dizer outra coisa)... nao existe. De repente para elas que nunca viram ou ouviram falar de um, realmente isso nao exista...
Todos os maridos das minhas amigas ajudam em casa, o meu näo... Mas näo posso tirar por mim, tenho que tirar pela maioria... e por ai vai... Por isso escrevi la no topo... "generalizacao"... A "maioria" sempre vence....rsrsrsrs

Daniela Pedrinha disse...

Digo que dei sorte pq ele me ama e demonstra isso com frequência e também me ajuda em casa, dividimos as coisas para que nenhum dos dois fique sobrecarregado. Mas meu príncipe tb vira sapo de vez em qdo.. principalmente com dinheiro!

As roupas, ele mistura também, inclusive preto com branco... pelo menos lava a 95 graus, aí mata tudo, inclusive a alma do tecido. Já tive mta lingerie estragada por causa disso. Mas aí pego o cartão dele e compro novas. E ele nem pode reclamar, já que foi ele mesmo quem estragou.

Eu já aprendi, organizo as roupas e ponho para lavar ANTES que ele pense em fazer isso, assim salvo algumas e separo roupas íntimas de pano de chão e pano de prato. :P

Tb já ouvi essa história de que quem se casou pode fazer o curso enqto espera o visto. Me casei e fui logo na escola me informar qdo começava as aulas, ela me mandou voltar qdo tivesse o visto. Mais uma vez dei sorte, pois meu visto saiu um mês após o casamento e consegui pegar as aulas em fevereiro.

Tb digo a ele que se tivéssemos nos casado assim que eu cheguei eu poderia, talvez, estar trabalhando já.. enfim. É a vida.

Carolina Krogedal disse...

Pois e Dani... muitas historias semelhantes, eu sempre digo as minhas amigas que nos estamos todas no mesmo barco, umas com mais comididade que as outras, mas todas no mesmo barco. (Ahhhhh nem me fale de marido estragando roupa, meu marido estragou a minha camisa oficial da selecao novinha, que eu so usei na epoca da copa. Desde entao ele nao coloca mais a mao em roupa suja... Quando muito nas dele, mas separa as minhas nem pensar...

Luciana disse...

Carol, eu li aquele blog das casadas com gringos que você linkou aqui todinho, de uma vez só, muito engracado e interessante.
Outro dia vinha no ônibus e entraram duas brasileiras, sentaram nas cadeiras do lado da minha e não sacaram minha brasileiridade e aja conversarem, uma delas tava p da vida porque chegando aqui descobriu que o marido estava atolado nas dívidas, o padrão que ele mostrou no Brasil era falso, aqui a história era outra, e ela tava tendo que trabalhar pra saldarem a dívida dele, de antes do casamento. Mas ela me pareceu bem batalhadora, sofreu com isso, claro, mas tava segundando bem o tranco, trabalhando juntos e organizando a vida financeira do cara e consequentemente da família.
Outro dia outra desabafou que no Brasil, quando conheceu o marido, era tudo cinco estrelas, chegando aqui, antes de casar, também. O cara afundou nas dívidas. Casaram e o dinheiro comecou a faltar, era salsicha, bacon, sopa de tomate... Mas esta não estava afim de ajudar, pelo contrário, ela disse que o dinheiro do salário do cara entrava na conta e ela detonava, assim as dívidas só aumentaram e a coisa tava complicada.
Ainda bem que o meu não usa cartão de crédito e eu adotei esse esquema, porque eu era bem gastadora no Brasil.
Muita gente acha que tá vindo nadar em dinheiro e quando chega aqui se surpreende. A vida aqui é muito cara, requer equilíbrio.

Meu marido ajuda em casa, mas eu escolho o que ele faz. Ele é mais organizado do que eu.

Não lava pano de chão misturado com outras roupas, mas essa parte de lavar roupa quem toma conta sou eu, pois gosto de separar de acordo com o que vou levar pra guardar nos armários.

Filhos não temos e nem vamos ter, mas vejo muitos meus vizinhos (homens) cuidando das criancas, acho que por prazer mesmo, mas devem ter aprendido com as mulheres. Mas claro que nao são todos os noruegueses que ajudam em casa e com os filhos, principalmente os casados com estrangeiras, eles aprendem a irem se escorando na mulher, já vi muita reclamacão por parte de esposas estrangeiras.

Legal o post. Fica sempre a dica.

Beijo

Carolina Krogedal disse...

Para um homem norueguês manter duas pessoas no Brasil e muito facil, o padrao de vida la e de classe media alta, vc tem baba, empregada... Chegando aqui a historia muda... E muito caro manter duas pessoas... A nao ser que o homem seja realmente rico, do tipo milhonario...E mesmo assim nao ha garantias, pq os que mais tem sao os que mais querem... Ja ouvi falar de duas meninas que se casaram com homens ricos aqui na Noruega e comeram o pao que o diabo amassou com o rabo. Avareza e triste... Ainda vem menina alienada aqui dizer que todo norueguês tem casa e casa de praia... Eles tem sim, uma puta divida no banco p/ pagar a casa propria... kkkkkk

Andreza disse...

Muito legal o post Carolina.
Sempre visito para saber das novidades aí da Noruega.
Fugindo ao assunto... não sei se você lê os posts atrasados então... sobre a Maria Amelie, procurei o livro dela aqui no Brasil, e nada, será que só vai ser editado aí?
Mais uma pergunta, é verdade que a Noruega é um ótimo campo para pesquisa cientifica?Li que é um dos Primeiros países,juntamente com EUA,Israel,Inglaterra e outros na area academica e cientifica pois investem muito no ramo,é verdade?Você pode procurar mais sobre isso para nós?
Beijos
Boa semana

Carolina Krogedal disse...

Oi Andreza!
Eu acho que o livro so deve ser publicado na escandinavia e talvez Finlândia, mas acho muito dificil ser publicado no Brasil. Vou ficar devendo a pesquisa, e verao na Noruega e o aeroporto onde trabalho esta lotado... Vou trabalhar 120% esse mês e provavelmente em junho, julho e agosto tambem. :-)

Bete Strøm disse...

Legal o Post. a
Ilusão é algumas brasileiras acharem que vão se dar bem casando com norugas. Outro dia uma disse que estava cansada de morar na italia que os homens são pão duro e quer vir para a Noruega “tadinha, vai errar de país de novo” hehe.
O que falar do meu Marido? Sou casada a quatro anos com ele, morávamos no brasil e agora estamos aqui na Noruega a menos de um mês...Sempre trabalhei, desse modo arranjar emprego é minha prioridade. E como bom norueguês ele concorda.rs
Ele foi militar, talvez por isso seja organizado ao extremo, cuida melhor de uma casa que eu e é super enjoado, ele que cuida de suas roupas, toma banho direitinho, menos que no Brasil que devido ao calor chegava a uns quatro ou mais por dia. Aqui são dois um de manha e outro pra dormir, ta bom.
Tem o lado pão duro sim, mas na maioria das vezes não reclamo, porque tem coisas que são caras mesmo e eu prefiro ter quando ralar.
Posso dizer que tive sorte, só pra vc ter idéia, quando eu cheguei aqui as roupas de inverno do Bruno e minha já estavam compradas em quantidades suficiente para enfrentarmos o frio de boa.
Não acho ruim essa parte que teremos que ralar juntos para ter algo, sempre fui assim, não mudarei aqui e mais todas sabemos que a realidade financeira aqui é padrão igual mesmo.

Beijos

Carolina Krogedal disse...

Ai... ontem ouvi mais um caso. Uma asiatica que trabalha em uma das empresas que eu trabalho no aeroporto veio me perguntar como se escrevia "i like måte" e comecou a desabafar. Ela veio p/ Noruega aos 32 anos e nao teve oportunidade de estudar muito pq assim que chegou ela teve que trabalhar pq o marido tinha "dårlig økonomi", entre outras palavras o cara era um F* e ela teve que trabalhar p/ pagar as contas. Pois entao, ela comecou na empresa de limpeza e continua la ate hoje. Caraca, eu acho isso um absurdo, ele que teve todas as oportunidades do mundo, pq a Noruega da todas as oportunidades p/ as criancas e jovens daqui estudarem e trabalharem, e 'e ela que tem que ralar como uma infeliz p/pagar contas??? 'E como a historia do gafanhoto e da formiga so que no final 'e a formiga que se f*.

Roberta Stival disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Anônimo disse...

muito obrigada pelas informações.
Eu me apaixonei por um norueguês e estou fazendo de tudo para agradar e conquistá-lo.Não sei se ele está gostando do meu jeito direto e brasileiro de ser,mas espero que dê certo.
Obrigada mesmo,vc me ajudou muito!!!!

Anônimo disse...

Encontrei esse blog por acaso, mas gostei muito do seu conteúdo. Estive na Noruega em junho, fiquei na casa de alguns amigos noruegueses que conheço a mais de 10 anos. Essa viagem sempre foi muito desejada, mas sempre algo me impedia de realizá-la.
Namoro com um brasileiro a mais de 5 anos, e estavamos planejando nos casar. Porém, o q eu jamais imaginei era voltar da Noruega tão pertubada,não pela beleza do país,mas por um sentimento tão forte e verdadeiro por um norueguês.
Ele é filho dos meus amigos, amigos esses q sempre me trataram com filha, e sempre desejaram q eu me casasse com o filho deles.
Nunca fomos muito um com a cara do outro, raramente nos falavamos pela net, e quando cheguei na Noruega, ao conhecê-lo o mundo parou, nossos olhos bbrilharam,parecia q haviamos encontrado a nossa metade. Compartilhamos de momentos de muita conversa e cumplicidade! Voltei para o Brasil com o coração arrasado e ele ficou lá da mesma forma. Hoje vivo numa angustia constante de n saber o que fazer, pois tenho uma vida aqui no Brasil, emprego público, família, namorado, uma vida tranquila, e tenho medo de abrir mão de tudo isso e n valer a pena. Ele sente o mesmo por mim,ele tbm tinha uma vida tanquila, mora c a namorada faz alguns anos, mas disse q n vai ficar c ela sntindo algo tão forte por mim. Minha vida virou de cabeça p baixo, n sei o q fazer! A unica coisa q sei é que penso nele a cada minuto, e ele em mim.
As vezes n compreendo o pq disso ter acontecido, talvez tinhamos q viver esse sentimento ou talvez so poderemos ser felizes juntos!

Waneska disse...

OLÁ!
parabens pelo BLOG tô adorando acompanhar ...
Adoro seu humor inteligente!
Comecei a pesquisar o pais , porq quero ver o tal SOL DA MEIA NOIT, entre outras belezas natuais.Só tem um problema, GRANA! Então eu passei a pesquisar trabalho temporário...Penso em me preparar para as próximas férias.Tem algum site pra me indicar, ou mais dicas?
Grande abraço
Att
Waneska

Carolina Krogedal disse...

Oi Waneska! Obrigada pelo comentário!A maioria das brasileiras que eu conheco que estão na Noruega se estabeleceram aqui através a união com noruegueses, por isso não tenho muita base sobre outras brasileiras que vieram por outros meios... Mas aqui está o site da UDI (que trata da entrada de estrangeiros no país) sobre as leis para trabalhar na Noruega...
http://www.udi.no/Norwegian-Directorate-of-Immigration/Central-topics/Work-and-residence/

Elisangela Santos disse...

Adorei saber um pouco sobre os noruegueses. Eu namoro um Norueguês em Dezembro vou pr noruega. Mas so a passeio. Meu namorado faz tudo por mim. Sera que é indicio que estar apaixonado meo?. Ele diz que me ama. Temos planos de nos casarmos em 2 anos. Fazemos os seguintes planos no inverno ele passa 4 meses aqui e depois eu 5 a 6 meses la? Queria mesmo era morar la mas cejo que parace terei um padrão de vida melhor como planejamos. Ha meu namorado trabalha no aeroporto de oslo . Oque você me diz carol

Elisangela Santos disse...

Parabéns pelo blog adorei

Carolina K disse...

Como diria minha ex-sogra, coracão dos outros eh terra que ninguem anda... Dificil dizer se as intencoes são serias ou não... Vai de cada um... não sei...Acho que o plano de vcs eh bom, se eu tivesse oportunidade de fugir do inverno noruegues aqui, tb iria, kkkk

Palavra-chave

Follow by Email

Volta ao mundo em 80 anos :-)