5 de dezembro de 2011

Dialetos na Noruega

Trabalhando no maior aeroporto que existe na Noruega eu fico exposta a praticamente todos os dialetos existentes. Alguns simplesmente eu não consigo entender absolutamente NADA. Ai fiquei pensando... Como um país tão pequeno e com meia dúzia de gatos pingados pode ter tantos dialetos??? As vezes dependendo da região e da faixa etária, eles não conseguem entender uns aos outros... Também pudera... Segundo esse "colaborador" existem no mínimo 13 maneiras diferentes de se dizer "EU" em norueguês: eg, je, jeg, i, eig, e, ægg, æ, æig, æg, egg, me e jæ. Eu dou gracas a Deus todos os dias pq moro em um lugar onde todos falam e escrevem bokmål. Ahhhh sim, o problema maior da lingua, na minha opinião, é que eles não só falam diferente como escrevem diferente também. Estudar usando o texto de uma música é uma missão quase impossível, e eu não aconselharia aos que estão comecando a aprender o idioma, só p/ não correr o risco de se confundir ainda mais.

Pois então,  eu achei a resposta p/ minha pergunta nesse site.

"Hvorfor har vi dialekter? - På grunn av manglende sosial kontakt. Og det kan skyldes flere ting, som for eksempel naturlige fysiske grenser som fjell og hav eller menneskeskapte grenser som kirkesokn og kommunegrenser" - Hallgeir Opedal

"Por que temos dialetos? -. Devido à falta de contato social,  que pode ser devido a várias coisas, tais como  fronteiras físicas naturais, como montanhas e oceanos, ou os limites artificiais, tais como a igreja paroquial e os limites municipais" - Hallgeir Opedal

 
A falta de Contato Social, ou seja, o isolamento,  explica tudo... O Brasil é um país enorme, com quase 200 milhões de pessoas, mas acho que por ser muito quente o povo não para em casa, sempre tem alguma coisa p/ fazer um lugar p/ ir, está todo mundo junto e misturado, então, de certa forma, "a gente se entende". Já na Noruega, comeca com a geografia... muitos grupos se isolam entre montanhas e oceanos, e com o inverno rigoroso que na minha opinião dura uns 7 meses em algumas regiões, quem vai querer sair de casa, colocar a cadeira no portão e ficar de papo com os vizinhos???  kkkkkk. Esses e outros fatores, na minha opinião,  foram fatais para preservacão da unidade da lingua norueguesa...  

Shame on me! Eu estudei isso na faculdade... a lingua é um instrumento vivo! Uma exemplo clássico, a origem da palavra você:  ... Vossa Mercê > Vossemecê > Vosmecê > você. O português nada mais é que uma vertente do latim vulgar "falado errado", kkkkk. O importante é que a lingua exerca o seu papel principal, o de estabelecer a comunicacão entre os  individuos. E assim eu vou justificando meus erros ortográficos, rsrsrsrs.

Então, eu dei sorte, eu só tive que estudar o bokmål e nada mais... Já os que moram em outras áreas com esses dialetos "brabos", tem que aprender além do bokmål o dialeto do lugar ninguém merece!. 

4 comentários:

Luciana disse...

Não, ninguém merece mesmo.
Mas a questão do isolamente é antiga e o que ocorre é que os dialetos resistem, vai entender. Eu não entendo.
Mas imaginemos como era aqui séculos décadas atrás, pois é, o contato era quase até impossível, se deslocar de um vilarejo para o outro era complicado, as pessoas ate tinham contato entre elas, mas no limite que a geografia lhes permitia. Hoje em dia resiste porque querem resistir, porque eu moro em Sandnes e faco um curso em Ålgård, uns 20 minutos de ônibus, e lá já falam outro dialeto, mais um pouquinho do lado de Ålgård, uns 25 minutos de Sandnes, tem Bryne, e o dialeto de lá minha sogra que é de Sandnes diz que as vezes não consegue entender, e eles tem contato, mas continuam no dialeto deles, kkk
Eu acho meio doido, porque isso podia comecar a mudar pelas criancas, aprendem bokmål ou/e nynorsk na escola, deviam usar so isso. Bom, pra piorar o lance dos dialetos, que até entendo pois é coisa do povo, vem duas línguas oficiais, aí ninguém merece mais ainda. Tem brasileira que estuda no curso de norueguês o nynorsk, ainda bem que estudei bokmål, acho que o acesso é mais facil.
Sorte sua morar aí.

Beijo

Daniela Pedrinha disse...

E viva a evolução do nosso português, eu não considero isso uma vertente errada, mas a atualização da língua de acordo com o uso que o povo faz. Nosso português é muito diferente do de Portugal e nem assim podemos dizer com 100% de certeza que eles ou nós falamos errado.

Concordo sobre o lance do isolamento ser a principal razão de haver tantos dialetos aqui. No Brasil temos modos diferentes de falar, e em determinadas regiões tb encontramos uma variação do idoma. Acho mega interessante isso..

Beijo queridona, sempre adoro seus posts inteligentes.

Carolina Krogedal disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Carolina Krogedal disse...

Lu, pelo que eu li ha uns 1500 anos eles falavam a mesma lingua: "Hvis vi går tilbake til år 500, snakket hele Norden samme språk, som kalles urnordisk". - Hallgeir Opedal. http://www.dagbladet.no/magasinet/2000/02/19/370566.html

Depois é que a pessoas passaram a se isolar...
Mas os dialetos na Noruega são MUITOS e se me perguntar, MUITO diferentes...


Dani

Eu sempre faco a divisão entre o português brasileiro e o português de Portugal, pq eles são diferentes. Achei demente essas reforma da lingua portuguesa, e por ser contra nem procurei aprender as novas regras.

Mas no Brasil a gramática é uma só, em teoria todos devem escrever da mesma forma... Não sei, acho que a partir do momento que vc comeca a falar e escrever diferente, e o povo comeca a se desentender, isso passa a ser uma nova lingua... ha ha ha. Sei lá... E não são girias ou vocabularios como temos no Brasil, é gramática é estrutura é praticamente tudo diferente as vezes... ha ha ha

Palavra-chave

Follow by Email

Volta ao mundo em 80 anos :-)