23 de maio de 2011

Religiao na Noruega!

Religiao, futebol e politica nao se discutem... Desde ja vou logo avisando que eu nao estou aqui p/ afrontar ou ofender ninguem... Estarei so relatando fatos... 
A maioria dos noruegueses se intitula protestante, mas daquele tipo "nao praticante" (se e que isso existe). Eu nao vejo muita movimentacao nesse sentido nao... acho que so uns 10% deve realmente "praticar" a religiao, nenhum dos noruegueses do meu circulo social frequenta a igreja. Mas eu tambem nao posso falar muito sobre isso, nao tenho muito "conhecimento de causa". Entao vamos pular p/ outra religiao, a catolica. As minhas bases sao catolicas, ainda me lembro de minha mae dizendo: se voce for a missa comigo eu te compro um pastel na hora da saida, e la ia eu ouvir o padre por uma hora, pensando no pastel de queijo. Fiz ate a primeira comunhao. E como na podia deixar de ser, tambem me casei na igreja catolica. Tudo mais por tradicao do que pela religiao. Pois bem... o primeiro padre com que falei na noruega realizava suas missas em um quadra de um colegio. Ele estava feliz pq finalmente iria sair a verba p/ construirem uma igreja catolica, e tudo gracas aos poloneses, que aumentaram significativamente o numero de fieis da "quadra de esportes"(Acho que foi isso que ele disse, o cara era irlandes, nao dava p/ entender quase nada). Infelizmente ele disse nao ter estrutura p/ realizar meu casamento. Mas seria legal casar no meio de um jogo de basquete..kkkk. Pois bem, fui ate a igreja em Lillestrøm, o padre era do Sri lanka, la so frequentavam poloneses e asiaticos (eu nao sabia que a religiao catolica tinha tantos adeptos nas Filipinas, Vietnã e outros paises asiaticos). Ali eu consegui me casar.
Outra religiao que esta em franco crescimento na noruega e o islamismo, a religiao dos muculmanos. Nao, os noruegueses nao estao se convertendo, mas e que muitos muculmanos estao vindo para a Noruega. Eu particularmente vi mais mulheres de Hijab ou burca na Noruega do que na Turquia, que e um pais muculmano (alias, nao vi nenhuma mulher de burca na Turquia, pelo menos nao na cidade de Izmir, onde fiquei por 15 dias). A Noruega tem outras religioes e seitas que fazem parte parte da minoria. Mesmo sendo minoria as testemunhas de Jeova conseguiram me achar... E me encontraram em um periodo em que eu estava muito mal, por isso, as deixei entrar, e decidi ouvir o que eles tinham a me dizer (eu gosto de ler sobre religioes em geral). Mas se tem uma coisa que eu sempre odiei na vida e tentar ser convertida... fiquei tao feliz de saber que criaram uma lei no Rio de Janeiro que impede as pessoas de pregarem no trem. Cada um tem que saber respeitar o espaco de cada um. Minha curiosidade sobre as testemunhas de Jeova acabou quando recebi a seguinte cartinha: *Destaque para a parte que eu marquei com rosa*

Se o mundo vai acabar daqui a pouco, a ultima coisa que vou fazer e sentar e estudar... (Eu sou uma boa pessoa, e nao ha religiao ou seita no mundo que me convenca do contrario!)


Uma amiga minha que e filha de norueguesa, mas cresceu no Brasil, participou de uma seita sinistra por causa da mae... se ela quiser relatar a historia dela, vou postar aqui. A coisa e doida, mas e verdade... vi inclusive um comentario na tv, de uma seita parecida.

7 comentários:

Luciana disse...

Menina, eles me encontraram também, depois vou clicar pra ler sua carta, essa eu não recebi. Eles vem aqui e deixam uns panfletos, tudo bem por mim, não influi nem contribui e na maioria das vezes eles vem durante a semana no período que não estou em casa. Há umas duas semanas o senhorzinho veio aqui e me encontrou, perguntou se eu queria estudar a Bíblia e ele mesmo respondeu que não, pois bem, acertou. Antes vinha um missionário de Angola e outras vezes ele veio com uma norueguesa que fala espanhol. Essa uma vez me perguntou o nome de Deus, aff, me embananei na hora de responder, pois seria fácil dizer Jeová e não elaborar mais, mas eu saí com outra resposta e lá fui eu voltar atrás me fazendo de doida burra.
Também não sou praticante de nada. Quando aos noruegueses serem tantos lá por cento protestantes mas não praticantes, na prática mesmo o que vale é que vai a grana do imposto pra igreja a qual eles se dizem pertencer ou não dizem nada.
Provavelmente nós duas estamos como pertencente a As Testemunhas de Jeová, pois eu acho que eles tendo um número x de fiéis, esses que eles visitam e entregam panfletos mas que não sabem onde fica a igreja, pois eu não sei, eles recebem ajuda financeira do governo pra se manterem aqui.

As Filipinas tiveram colonizacão espanhola, daí o catolicismo, acho que a maioria lá é de católicos.

Agora vou ler a carta.

Beijo

Mah disse...

Muito legal o post :)
Aqui na minha cidade "chove" testemunhas de Jeová, não tanto quanto os insistentes Mórmons, mas são um número considerável. Bjo

Felina disse...

aff esse povo, senta que lá vem história, essa mania de querer saber das coisas nos mete em roubada, eu tb gosto de conhecer as coisas, inclua religiao ai, na faculdade morei com uma menina mórmom e fiz a besteira de perguntar mais sobre a religiao dela, ai ela chamou os helders, os meninos lindos de gravata pra me explicar a religiao, menina eram 2 americanos, um era bonitinho o outro a coisa mais linda que Deus poderia ter posto na terra, além de lindo, era inteligente, simpático, um tudo, foram 2x, 3x 3 na quarta visita já queriam marcar meu batismo, pensei ai eu sem tomar café, é ruim, minha sorte que o menino lindo foi transferido pra outra cidade e mandaram um brasileiro bem sem graça, foi minha salvação, porque senao tinha me convertido, casado com o lindo e tava lá toda feliz em Utah, dividindo marido com mais esposas ahahahaha, nunca mais quero saber de religião alguma kkkkkk.

Daniela Pedrinha disse...

Eu tenho PAVOR desse povo, crentes, evangélicos, protestantes, testemunhas de Jeová então nem se fala.. corro deles!

No Brasil eu odiava quando tocavam minha campanhia antes das oito da manhã me pleno domingo, para levar a palavra de Deus. SOu espirita kardecista e não fico enxendo o saco dos outros para se converterem e acho uma falta de respeito, tentarem fazer isso comigo.

Recentemente uma senhora me adicionou no FB, conheceu uma colega minha no aeroporto e sei lá pq, a menina falou bem de mim e disse que eu morava em Tonsberg.. era tudo o que ela precisava.

No mesmo dia que me adicionou já veio com um convite insistente de que eu tinha que ir na Igreja dela, que iam mtos estrangeiros, especialmente brasileiros. Nem se deu o trabalho de pensar se eu gostaria de me "enturmar".

Mas o que me deixou de queixo caído foi ela dizer assim: "Vc mora aqui há qto tempo? Eu nunca ouvi falar de vc em Tonsberg!!!" Ao que eu respondi: Ainda bem né.. seria mto ruim eu estar na boca do povo. Agora corro dela que nem o capeta corre da cruz. Mas já já vou deletar d aminha lista, pois já saquei que ela é totalmente sem noção.

Carolina Krogedal disse...

Acho que a religiao e capaz de ajudar pessoas...as que estao completamente perdidas, mas nao a mim. A maioria que se converteu depois da fase adulta, foi por algum motivo muito grande. E grande parte das pessoas que eu vi se converter eram aquelas que estavam sem nenhum rumo na vida, fazendo muita coisa errada, e pagando por suas escolhas erradas. Entao sim, acho que a religiao para algumas pessoas faz bem. O problema e que tudo o que e demais nao e bom. Dizem que beber agua faz muito bem a saude... diga isso a todos os infelizes que morreram afogados ate hoje. A mesma coisa e com a Religiao... Eu tinha uma amiga que era muito sem juizo... engravidou para dar o golpe da barriga, roubava gilete no mercado, e tinhas muitas outras pequenas falhas de carater pelas quais que eu sempre a repreendia, mas sem muito sucesso. Pois bem, o marido perdeu tudo, e ela ficou em uma merda que da gosto. Resultado: Se converteu! Por um lado foi bom, ela parou com as pequenas falhas de carater, mas por outro lado... nossa amizade se deteriorou. Ela agora so frequenta os cultos da igreja, e so fala em Deus o tempo todo. E ainda julga uma outra amiga que esta em uma fase ruim agora, dizendo que a vida dela so comecou a melhorar depois que ela aceitou Jesus, e que a minha amiga tem que aceitar Jesus... afffsss... Gracas a Deus minha amiga tem uma boa cabeca e sabe que e so uma fase ruim, que vai passar... E tento dar o meu exemplo, de como uma pessoa pode ser bem sucedida e feliz sem religiao. Mas eu acho incrivel como a religiao e capaz de influenciar a vida das pessoas... vendo essas muculmanas usando burcas na AFRICA... que loucura. Eu tenho uma amiga que so toma uma decisao se ouvir o pai de santo dela antes. Concordamos que nunca mais falariamos de religiao, depois de uma discussao. Eu respeito todas as religioes, mas quando comecam a tentar me converter... um abraco! To fora! A religiao catolica por exemplo, ha 500 anos queimou as mulheres gostosas e sedutoras dizendo que elas eram bruxas... Vixe, mas vou parar de falar pq daqui a pouco vira um dizer que eu estou possuida, que eu nao sou de Deus e coisas do gênero... Mas nao e dificil entender pq os paises mais desenvolvidos sao os menos "religiosos".

Nara disse...

hahahahah, adorei o post e o teu comentário final aqui foi priceless, hehehehe!!
Ei, não sei onde li que dos paises do mundo com mais gente que não acredita em Deus, a Suécia está em segundo lugar...Noruega deve ficar logo atras, creio eu!
beijos queridoca

Carolina Krogedal disse...

Narita!!! Estou te devendo a foto, nao esqueci nao! (Quer dizer, esqueci temporariamente). Pode me dar um cascudo caso eu nao te envie isso amanha!

Palavra-chave

Follow by Email

Volta ao mundo em 80 anos :-)