6 de dezembro de 2010

Mais uma vez falando de comida...

Alimentacão dos noruegueses... Horários e produtos consumidos...

Café da mahã:

Comecando com os campeões de venda:

Brunost - "Queijo marrom" - Tem sabor levemente adocicado, e totalmente amargo - Já tentei descobrir o pq da cor marrom, uns noruegueses dizem que é pelo excesso de ferro, outros que dizem que é pela caramelis/zacão do acucar (isso explicaria o gosto amargo). Pode ser comido puro ou no pão como um queijo normal. O mais popular entre os noruegueses é um que feito com leite de vaca e cabra.




O segundo item que não pode faltar é o caviar em tubo... Que pode ser o original ou com temperos... Também é comido com pão. A marca mais comum se chama Mills


Outra coisa que não pode faltar na mesa dos noruegueses é o camarão, estes podem ser servidos descascados, juntamente com o pão, ou com umas cascas bem grossas, é normal no verão ver os noruegueses forrando jornal no chão p/ colocar esses camarões e as "futuras cascas".


Ai no meio do café da manhã, eles dão aquela paradinha p/ tomar aquele delicioso óleo de peixe, o famoso "Tran", entre um suco e outro p/ tirar o gosto ruim da boca...kkkkk




As geléias também fazem parte do cardápio norueguês, vai ai algumas frutinhas que eu nunca ouvi falar na minha vida! :-)


Ao meio-dia é a hora do "almoco", sendo que o almoco deles nada mais é do que um "lanche da tarde" nosso, ai eles encgem o rabo de pão novamente - Norueguês acha que pão é a coisa mais saudável da face da terra.... afffssss....

Quando chega as 4 da tarde é a hora do almoco de fato. Ai as opcões são muitas, a primeira de todas é a pizza grandiosa, essa é batata. A segunda é o cachorro quente deles, ou seja, salsichas e esse pão de batata chamado potetlomper! Os que se dão um pouco mais de trabalho, fervem alguns legumes, e claro, na mesa de noruegues não pode faltar um molho... pelo fato de não temperarem os alimentos, os noruegueses fazem aqueles molhos de pacotinho que é só adicionar água.



Se eles tem visita e querem caprichar a história muda.

O lutefiske é um peixe que parece gelatina e não tem gosto de nada.



O pinnekjøtt é super seco e salgado, a carne é a de cordeiro.



P/ ser super honesta a única comida norueguesa que eu gosto mesmo é o fårikål, que eu prometo postar a receita aqui ainda esse ano!

Eu sei que é chato falar de comida o tempo todo, mas é o assunto mais comentado pelos noruegueses, e sabe como é, em Roma, faca como os romanos!!!!

11 comentários:

Anônimo disse...

Oiii Carol!! Meu nome é Luciana, sou de Fortaleza-Ce, Brasil. Namoro um rapaz da Noruega há um ano e vou visitá-lo pela 1ª vez em maio/2011, se Deus quizer. Adorei encontrar seu blog e ver quantas informações importantes e interessantes vc nos dá. Fico Feliz em saber q aí tbm tem muitos brasileiros!! Vou continuar lendo seu blog é BOM D+! Meu namorado sempre fala da diferença climática e tem medo q eu não goste, mas como vc falou temos q ir por AMOR...Tbm acredito nisso, então sei q com Amor td dará certo e o clima será só mais um obstáculo a ser superado... Desejo q vcs tenha UM FELIZ NATAL!!! Espero q possa conhecê-la qdo for a Noruega. Bjuuss. Luciana Xavier

Anônimo disse...

Oiii Carol!! Meu nome é Luciana, sou de Fortaleza-Ce, Brasil. Namoro um rapaz da Noruega há um ano e vou visitá-lo pela 1ª vez em maio/2011, se Deus quiser. Adorei encontrar seu blog e ver quantas informações importantes e interessantes vc nos dá. Fico Feliz em saber q aí tbm tem muitos brasileiros!! Vou continuar lendo seu blog é BOM D+! Meu namorado sempre fala da diferença climática e tem medo q eu não goste, mas como vc falou temos q ir por AMOR...Tbm acredito nisso, então sei q com Amor td dará certo e o clima será só mais um obstáculo a ser superado... Desejo q vcs tenha UM FELIZ NATAL!!! Espero q possa conhecê-la qdo for a Noruega. Bjuuss. Luciana Xavier

Carolina Krogedal disse...

Oi Luciana, tudo bem? Acho difícil você ou qualquer um gostar do clima na Noruega, mas se adaptar é possível sim! :-) Se segure no primeiro ano, depois disso "Everything's Gonna Be Alright" :-) Pelo menos comigo foi assim. Além do maridão eu também te aconselharia conhecer a maior quantidade de brasileiros que você puder, depois é só separar o joio do trigo! :-)
Espero que você tenha tido um bom Natal e te desejo um excelente 2011!
Bjks, Carol

Maria disse...

Lutefisk é simplesmente peixe branco (normalmente sobras de peixe) que é tratado em soda cáustica.

Quando me disseram o que era da primeira vez... fiz esta jura a mim mesma: nunca comi e nem vou provar sequer.

Anônimo disse...

Estou indo para Noruega (Stavanger)essa semana a trabalho. Como está o clima por aí? Vc conhece essa cidade? Pode me falar um pouco sobre ela? E restaurantes? Podemos ter uma alimentação saudável por aí? Um granade abraço pra vc.

Carolina Krogedal disse...

Eu li no jornal que esse mês de abril esta sendo um dos mais quentes de todos os tempos... A neve ja se foi... Eu estive em Stavanger, a cidade e linda... Quando estive em Stavanger comi em um restaurante indiano. Acho que eu postei alguma coisa sobre Stavanger... vou procurar :-)

Carolina Krogedal disse...

http://bacalhaucarioca.blogspot.com/2010/05/stavanger.html

Rafael Ultramar disse...

Olá, qual região da noruega você está, e de qual região do Brasil vieste??!
Eu namoro uma norueguesa a 3 anos, conheci ela aqui no Brasil, ela morou na minha casa por 1 ano.. Cheguei da Noruega a pouco tempo, passei uns 4 meses ai, e tive certamente 90% de impressões positivas, em todos os sentidos! Conheci os avos dela, que moram desde sempre em Oslo e fui ultra bem recebido, melhor que com qualquer outro bestemor og bestefar de namoradas brasileiras que tive hehee e mesmo apesar de até o momento que os conheci eu não falar nada em noruguês, (e eles não falarem em inglês), os momentos juntos "mimicando" conversas foram excelentes!
a família dela própriamente dita vive em uma pequenina cidade na "provincia" (não sei se este seria o termo correto) de hedmark (coisa do tipo) Trysil a cidade. Existem alguns outros membros da família em Løven tbm. Putz, foi excelente o tempo que passei lá também, fui super bem tratado pelos pais e irmãs dela, todos super carinhosos e afetivos, e o estilo de vida healthy deles me atraiu muito haha todos super ligados a atividades físicas, as comidas sempre super saudáveis (que aliás é o ponto que eu iria comentar aqui no post) ao que me parece, você meio que detesta a comida daí, certo? heuahuae como pode!?! Tirando o oleo de pexe com limão, amei quase tudo! Aquele pãozinho fino duro tipo uma torrada esquisita, odiei no início, mas já sinto falta dele nos meus cafés da manhã! e algo que você esqueceu de mencionar: pepino! Todos são viciados nesse lugume, sempre presente em qualquer combinação de pães, cheguei ao ponto de ir em uma "pré festa" na casa de umas amigas da minha namorada, e a galera estar lá, tomando uma cervejinha, uns drinks, e pão com pepino hahaha
achei de modo geral as de modo geral as mulheres beberronas sim (nada muito diferente do Brasil para a minha idade, aliás), mas todas muito lindas e bem educadas, o que vai de encontro aos seus relatos... Claro que pode ser questão da região que conheci, mas poutz, nunca vi menina mais educada, responsável, carinhosa e delicada quanto essa menina que namoro, Emilie.
A sorte minha, é que a intenção dela é ver a viabilidade de vir morar no Brasil, segundo ela, a experiência que teve em minha casa foi a melhor impossível :D heheh ela já fala um português perfeitamente fluente, assim como a escrita. O meu noruegues ainda está bastante agarrado... Mas não sabemos para quando concretizaremos os planos! A família dela vem nos vizitar no próximo mês de Setembro (:
E só pra constar, Tenho 23 anos, sou engenheiro civil e moro em Vitória, ES.

Carolina Krogedal disse...

Olá Rafael! Eu sou carioca e moro em Ullensaker, uma comuna que fica a meia hora de Oslo. Vir a passeio é um pouco diferente de vir para morar. Eu não detesto a comida, eu só fico entediada com a falta de opcão e um pouco desgostosa com a comida sem tempero. Detestar é um termo muito forte... se eu realmente odiasse não teria engordado quase 10 quilos. A comuna onde sua namorada mora é pequena, 5 vezes menor do que a que vivo, morar em uma "cidade pequena" tem as suas vantagens, as matriacarcas por exemplo costumam cozinhar bem. A familia do meu marido me trata como um bibelô...Eu infelizmente não conheco muitos homens brasileiros/latinos casados com norueguesas, p/ falar a verdade só conheco dois, não sei como funciona essa relacão homem brasileiro com mulher norueguesa... Espero que não seja como a das mulheres norueguesas com os homens turcos...rsrsrsrs

Rafael Ultramar disse...

hehe eu ja morei ai por 1 ano na primeira ocasião que fui.. foi meio q um turismo gigante na realiade, não trabalhei ou qualquer coisa do tipo, fiz um curso de noruegues para extrangeiros apenas... mas poxa, não sei até que ponto foi uma jogada de sorte, mas soh tenho impressoes positivas dessa terrinha, tanto em termos de pessoas, quanto da organização.. um caso excelente que tive foi quanto ao serviço de seguro ai, sai para uma kanotur nos fjords semi congelados (puta parada linda! e fria haha) com o pai da minha namorada e acabou rolando um acidente, tombamos hauhea pura tragedia, e nisso uma camera que eu havia acabado de comprar na franca quebrou.. o pai dela acionou o seguro como o produto sendo dele, em 1 dia cara, mandaram o dinheiro pra conta dele sem nem procurar saber se a camera existia mesmo! aliás, nem buscaram a camera quebrada de volta (ela nem estava completamente quebrada, soh a lente que embaçou.. malandro como qualquer brasileiro, cheguei aqui e vendi ela quase pelo preço que paguei ainda haha no fim saiu de graça :D)
o que eu achei um pouco no teu blog foi que você trata das situações e pessoas de forma muito esteriotipada, sei lá.. no fim acredito que todos somos seres humanos neh cara, trabalhei por anos como orientador da galera q vinha faze intercambio aqui no braz de tudo qnt eh canto, as pessoas que conheci e as relações de amizades e afetos que tive aqui, na frança onde tb morei e na noruega foram bem similares.. n sei com vc como é, mas o fato de eu ser "latin" uhaeuhe brasileiro, me ajudou na maioria dos lugares que ja vizitei!
e na minha familie tem casos do tipo, meu avô por parte de mãe é italiano e minha avó por parte de pai é alemã, adoro essa mistura de temperos hhaahe (aliás, as "janta-almoço" que eu comia ai na noruega sempre foram mt bem temperadas :p )
e po, continua sempre atualizando aqui, curti heheh ja li de cabo a rabo quase!

Carolina Krogedal disse...

Você está coberto de razão Rafael.

Palavra-chave

Follow by Email

Volta ao mundo em 80 anos :-)